Crédito consciente

0
0
A participação em feiras de negociação se tornou uma boa oportunidade de regularização das pendências financeiras dos clientes, por proporcionar um atendimento diferenciado. Foi isso que despertou o interesse da Caixa, que vem participando desses eventos desde 2011, em parcerias com Serasa e Procon. De acordo com Rauélison da Silva Muniz dos Santos, diretor executivo de riscos, um dos benefícios desse modelo de negócios é a possibilidade de um atendimento massificado de forma centralizada e personalizada, em local pensado para facilitar a vida do devedor. 
Ele ressalta a importância dos eventos para os clientes. “Eles dão a oportunidade de disseminar princípios de educação financeira e a implantação de uma cultura de estimulo à utilização do crédito de forma consciente com o intuito de favorecer o equilíbrio financeiro dos clientes”, afirma. Por outro lado, a empresa é beneficiada com o retorno dos valores, já que a participação em uma feira de negociação sinaliza o interesse em alcançar uma solução para o desequilíbrio financeiro dos clientes, que se sente respeitado.
No entanto, apesar da grande demanda nas feiras presenciais, com os avanços constantes da tecnologia, a tendência é que as feiras de negociação migrem para canais digitais, na visão do diretor.  “A cada dia o cliente pede modelos e canais de atendimento mais práticos, pois seu dia a dia não permite gastar muito tempo com problemas que poderiam ser resolvidos por um canal remoto”, afirma o diretor. Com os canais de negociação on-line o cliente pode realizar uma operação onde achar mais conveniente, sem a necessidade de entrar numa fila para ser atendido.  “É, também, uma oportunidade de ganho de escala para as instituições financeiras, pois possibilitará atender um número maior de clientes, diminuindo os custos e otimizando os resultados”, completa Santos.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorVocê é exigente demais?
Próximo artigoAtendebem pode ir para Criciúma