Cresce inadimplência em condomínios em 2012

0
0



A inadimplência no pagamento de cotas de condomínio na cidade de São Paulo cresceu 21,2% em 2012, na comparação com o ano anterior. É o que aponta balanço da Lello, empresa de administração condominial no Estado. De janeiro a dezembro do ano passado, 4% dos boletos de condomínio emitidos aos moradores de apartamentos residenciais na capital paulista ficaram em aberto por 30 dias ou mais, contra 3,3% em 2011.

 

O índice de inadimplência em 2012, embora maior que 2011, ainda está abaixo dos registrados em anos anteriores. Em 2010, 4,3% das cotas de condomínio ficaram em aberto por mais de 30 dias. Em 2009, 4,5%, e em 2008, 6%. Na comparação entre 2008 e 2012 houve queda de 30% na inadimplência.