Em favor da pontualidade no pagamento

0
1



A pontualidade de pagamento das micro e pequenas empresas passou de 95% em março para 95,3% em abril de 2012, o que significa que a cada 1.000 pagamentos realizados, 953 foram quitados à vista ou com atraso máximo de sete dias, segundo a Serasa Experian. Na comparação com o abril do ano passado, houve avanço de 0,8 ponto percentual na pontualidade de pagamento das micros e pequenas empresas no país. Foi o quinto mês consecutivo de alta interanual deste indicador.

 

As sucessivas de reduções da taxa básica de juros, agora também influenciando as taxas finais de empréstimos, a tendência de gradual normalização da inadimplência dos consumidores e as várias medidas de estímulos às empresas adotadas pelo governo estão reduzindo o custo financeiro e melhorando a capacidade de pagamentos das micro e pequenas empresas, na avaliação dos economistas da Serasa Experian.

 

As micro e pequenas empresas do setor comercial apresentaram o maior nível de pontualidade de pagamentos em abril de 2012: 95,7%. As do setor industrial registraram pontualidade de 95,2%. Por último, o pagamento em dia das micro e pequenas empresas de serviços atingiu 94,7% em abril de 2012.

 

Em abril de 2012, o valor médio dos pagamentos pontuais recuou 0,6% em relação a março/12, atingindo R$ 1.830. Na comparação com abril de 2011, o crescimento foi de 11,4%. As empresas de serviços registraram, em abril de 2012, o maior valor médio dos pagamentos pontuais (R$ 2.096), seguidas pelas empresas comerciais (R$ 1.824) e pelas empresas industriais (R$ 1.663).