Encruzilhada do crédito em tempos de crise

0
5

Autor: Dan Cohen
A instabilidade econômica e política vivida pelo Brasil colocam o empresário em caminhos tortuosos e cheios de obstáculos na busca por crédito. Escolher o melhor percurso não é fácil e, na maioria dos casos, pode fazer o negócio sucumbir à espera de um financiamento. Confira as armadilhas e como encontrar o melhor caminho:

Trajeto 1 – Escassez
Em um cenário de crise econômica, a primeira medida das empresas que concedem crédito é dificultar a concessão de novos financiamentos- mesmo para companhias com histórico de bons pagadores. Dessa forma, não há mais dinheiro disponível e o empresário entra em um círculo vicioso: seu negócio está endividado e ele não tem a quem recorrer.

Trajeto 2 – Concentração
Além da baixa disponibilidade, outra pedra no caminho enfrentado pelas empresas brasileiras é a concentração de crédito em poucos bancos. As companhias buscam os mesmos financiadores, o que dificulta o acesso. Resumindo: é gente demais para pouco crédito.

Trajeto 3 – Dificuldade para ampliar opções
O que poucos sabem é que existem muitas fontes alternativas de crédito, a exemplo da securitização de direitos creditórios, dos fundos mezanino e dos fundos de crédito focados em operações de prazo mais longo. O que impede a utilização destas soluções muitas vezes é a falta de conhecimento do próprio empresário sobre a existência de opções e de como encontrá-las.

Trajeto 4 – O atalho das plataformas tecnológicas
Mesmo para quem já conhece esses fundos alternativos, é preciso ter paciência e dedicação para conseguir crédito. Entretanto, existe um atalho: usar as soluções tecnológicas que identificam os financiadores corretos para a sua necessidade de financiamento, considerando as características da sua empresa e das garantias disponíveis. Assim, o processo é agilizado e traz benefícios para as duas partes.

Dan Cohen é financista é fundador da F(x).