Inovação: o caminho para o desenvolvimento

0
16



Com a entrada das classes C, D e E no mercado de consumo, um novo cenário se molda para a indústria de crédito e cobrança trazendo uma necessidade de inovação e comprometimento com essa realidade.  “Nosso grande desafio é inovar para fazer melhor a cada dia. Temos que buscar o desenvolvimento contínuo”, afirma o presidente do Instituto Geoc, Jair Lantaller.


No 2º Fórum de Inovação do Instituto Geoc realizado em junho na cidade de São Paulo foram demonstrados alguns cases que apresentam soluções que ganham cada vez mais força e espaço no mercado.


A Renac, por exemplo, revelou ter adotado um pacote de soluções outbound, desenvolvido pela Genesys e 3Corp. De acordo com Luciano Forestiero, diretor de negócios da 3Corp, o sistema integra informações estratégicas dos clientes com o processo de discagem. “Além de trazer relatórios detalhados das campanhas, a principal vantagem desse pacote é a inteligência que as soluções trazem para a operação”, ressalta. Com esse investimento, a Renac já conseguiu aumentar em 12% o fechamento dos negócios, em 48% o tempo de conversação do agente e reduzir em 50% o tempo de processamento de uma campanha, revela Edmundo Melo, engenheiro de soluções da Genesys.


Durante o evento também foi apresentado o case dos sistemas all-in-one, que reúne todas as tecnologias em um só sistema. “Com a integração das tecnologias, é possível melhorar os resultados operacionais e diminuir os custos, trazendo grandes ganhos de escala para uma operação de cobrança”, assegura Alexandre Dias, CEO da Talk Telecom. Porém, para que essa convergência tecnológica seja possível é preciso, principalmente, saber qual discador utilizar, gerir a telefonia visando baixar o custo e melhorar o contato com o devedor.


Pensando nessa realidade, a Talk Telecom desenvolveu, em parceria com a Khomp, um projeto para ML Serviços e Siscom. Trata-se de um gateway interligado com as operadoras de telefonia fixa e móvel, que faz a rota de menor custo e tem integração com os sistemas de portabilidade, explica Alexandre Prado, diretor comercial da Khomp. “Criamos um ponto único com a rede pública, permitindo utilizar diferentes discadores e PABX”,esclarece.


A busca da indústria de crédito e cobrança pela inovação e por novas soluções tecnológicas possibilita não somente uma atuação efetiva na parte de concessão, mas também na recuperação de dívidas. “Acho que inovação é bom em todos os mercados, assim como no mercado de cobrança. Com o crescimento do crédito ao longo desses anos, há uma necessidade de estarmos constantemente inovando, trazendo tecnologias, para podermos atuar efetivamente não só na parte de concessão, mas também na parte de recuperação de crédito, de forma que consigamos tentar recuperar esse cliente de uma forma massiva, mas eficaz”, conclui Claudio Kawasaki, vice presidente do IGeoc.