Mais do que só cobrar

0
3
Muito mais que recuperar dívidas, é preciso ter um bom relacionamento com os clientes. As empresas do mercado de cobrança entendem cada vez mais essa realidade. Além disso, essas companhias estão convencidas de que é preciso colaborar para que o consumidor use o crédito de forma cada vez mais equilibrada, segundo Fernando Cosenza, diretor de sustentabilidade da Boa Vista Serviços. “É o que na Boa Vista SCPC chamamos de sustentabilidade do crédito. Nesse sentido, as empresas, para atender a essa necessidade de mercado, vêm direcionando esforços para melhorar a estrutura de base de dados, com a utilização de ferramentas de análise de propensão, segmentação de perfis e ferramentas de acionamento mais indicado para cada perfil de cliente”, comenta.
Investir em uma ferramenta que estruture as bases de dados de uma empresa é essencial, segundo Cosenza, pois com ela é possível aperfeiçoar a recuperação de crédito aumentando a rentabilidade da operação. “Investir em uma ferramenta com esse propósito significa fazer a abordagem mais adequada, pelo canal mais adequado, a cada perfil de consumidor, de acordo com o tempo da dívida, o valor, a probabilidade de pagamento, o tempo de relacionamento com esse consumidor, entre outras variáveis”, esclarece.
Para o executivo, as novas soluções, além de estruturar a base de dados de forma customizada, também trazem muitos benefícios no que diz respeito aos custos da empresa. “As margens de remuneração estão se estreitando cada vez mais e o grau de exigência de resultado também. Por isso as soluções estão cada vez mais avançadas, permitindo ‘fazer mais com menos'”, explica.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorAlta na inadimplência
Próximo artigoO futuro do RH