Melhor alternativa

0
25
Com taxas de juros mais baixas, o crédito consignado geralmente é a saída para os consumidores que querem acertar as dívidas ou realizar um financiamento. Com isso, no próximo ano, com as taxas de juros mais altas, segundo Marco Crivelaro, professor de matemática financeira da Fiap, a expectativa é de alta para esse setor. “Quem busca financiamento, para carros, bens, presentes e afins, vai encontrar taxas mais elevadas. O crédito consignado é uma alternativa, porque às vezes a compra não tem um valor tão alto”, afirma.
O desafio para avançar, segundo Crivelaro, é acabar com a forma burocrática com que se é ofertado o crédito consignado. Para o professor, as pessoas ainda tem a percepção de que esse tipo de empréstimo é algo difícil de sair, uma vez que comprometido, por isso, é preciso que se entenda que, na realidade, esse é um processo mais simples do que os consumidores imaginam. “É preciso perceber que realizar o crédito consignado é um processo fácil e transparente. A facilidade e a percepção de que você pode entrar e pode sair facilmente melhora do crédito consignado melhora sua expansão”, comenta.
No entanto, o professor faz um alerta. Apesar de fazer um empréstimo com crédito consignado não ser uma atitude ruim, é preciso se realizar um planejamento financeiro, para evitar o comprometimento de renda, já que muitas vezes, o consumidor assume parcelas que não consegue pagar. “Quando o crédito consignado é feito de forma equilibrada e bem administrado é uma estratégia interessante. Financie o que for necessário e seja cauteloso. Existem ferramentas online que o usuário pode realizar simulações”, explica.