Número de inadimplentes avança 1,8% em maio

0
2



A quantidade de novos registros de inadimplentes cresceu 1,8% em maio, segundo dados da Boa Vista Serviços. Nos doze meses encerrados em maio houve avanço de 18,4%, comparado aos doze meses findos em maio de 2011. Comparado a maio de 2011, o indicador apresentou alta de 7,8%. As projeções da Boa Vista Serviços apontam para um crescimento no total dos registros de inadimplentes em 2012 de 7% em relação a 2011.
O valor médio das dívidas incluídas em maio foi de R$ 1.219, aumento de 1,5% em relação a maio de 2011, descontados os efeitos inflacionários medidos pelo IPCA.

 

Os números deste mês destacam as regiões Sudeste e Sul como maiores impulsionadoras do crescimento do indicador, com elevações de 8,6% e 10,1%, respectivamente, comparando maio de 2012 com maio de 2011. Em relação a abril, o indicador da região Sudeste avançou 1,4%, descontados os efeitos sazonais. Destaque para o Centro Oeste que cresceu 7,5% no mesmo período.

 

No setor do varejo, o número de novos registros de inadimplentes mostra uma elevação forte, subindo 10,1% em comparação a abril, descontados os efeitos sazonais. Tal variação foi impulsionada, principalmente, pela região Sudeste (crescimento de 13,4%). No acumulado dos últimos doze meses, observa-se uma elevação de 22,3% em relação aos doze meses anteriores, com destaque para as regiões Sul (24,5%) e Sudeste (26,9%).

 

Na outra ponta, o indicador de recuperação de crédito aumentou 14,3% na comparação com maio do ano passado. Em relação a abril desse ano, houve um recuo de 1,7%, descontados os efeitos sazonais. O acumulado dos últimos 12 meses em relação aos 12 anteriores mostra uma alta de 14,3%. Apesar da retração mensal, a recuperação de crédito mantém a tendência de crescimento em 2012.