O melhor amigo da cobrança

0
4
Autor: Fernando Lujan
O que alguém faz quando recebe uma chamada de um número fora da sua área de DDD? Se você é de São Paulo e ele começa com 063, logo pensa: “É de Tocantins. Quem será? Não tenho esse contato, vou rejeitar!” A lógica parece muito simples, mas é fundamental quando se fala em relacionamento com o devedor. 
Estabelecer um número local para uma operação de cobrança aumenta a taxa de resposta em cerca de 30%. Ou seja: um terço do público-alvo, antes inatingível, irá atender ao chamado e possibilitar o início de uma negociação apenas pela familiaridade com o DDD. 
Para potencializar a recuperação de crédito, o próximo passo é criar um número único para cada campanha ativa, permitindo ao cliente retornar caso não possa falar naquele momento. Com isso, é possível mensurar o retorno obtido para uma certa ação. 
O mesmo princípio pode ser utilizado ao divulgar um contato receptivo para cada tipo de estratégia de marketing ou mídia, possibilitando descobrir qual meio de comunicação teve mais retorno, ajudando a estruturar a demanda da equipe.
A última, mas não menos importante, opção para otimizar o contato com a pessoa certa (CPC) é a URA Reversa. O discador efetua ligações e, ao serem atendidas, um menu eletrônico é disponibilizado ao cliente. Caso queira falar com o operador e iniciar o atendimento, basta escolher a opção correspondente. 
Em meio à crise econômica do país, cada detalhe pode fazer a diferença. Utilizar um número local não opera milagres, mas com certeza, aumenta as chances de sucesso. Já descobriu quem é seu melhor amigo?
Fernando Lujan é diretor de TI da Total IP