Oferta de crédito ao consumidor vai cair

0
2



A taxa média de juros do crédito ao consumidor subiu em dezembro de 39,1% para 40,6% ao ano, a maior desde maio do ano passado, segundo dados do Banco Central. De acordo com o professor especialista em crédito da FGV-EAESP (Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getulio Vargas), José Pereira da Silva, neste semestre, a taxa de juros deve continuar nesse mesmo patamar.


“O governo tomou essas medidas para inibir o consumo e conter a inflação, logo, a taxa de juros deve continuar alta para o consumidor. Além disso, a oferta de crédito deve cair”, ressalta o professor. Mas, se o consumidor precisar recorrer ao empréstimo, José Pereira, aponta que a melhor opção é o crédito consignado. “O crédito consignado é a melhor opção para o consumidor, porque ele tem a menor taxa de juros do mercado”.