Preocupação a mais

0
11
Ter um colaborador inadimplente é uma preocupação para qualquer empresa. Principalmente, pelo receio de queda na produtividade do funcionário. Nas empresas de cobrança, essa atenção é ainda maior, segundo Verônica Rodrigues, diretora da VR Consulting. “Nas empresas desse setor, em que a reputação ilibada do funcionário é questão de fundamental importância, justamente pelo motivo de estar lidando com a recuperação e negociação das dívidas de outras pessoas, as preocupações aumentam. Além disso, existe a possibilidade deste colaborador tornar-se parcial, eventualmente identificando-se, sem necessidade, com a situação do outro”, explica.
Para auxiliar esses colaboradores endividados, a empresa deve estimulá-los para tratar do problema e buscar ajuda da área de recursos humanos, segundo Verônica. “Os responsáveis pela área devem ouvir genuinamente sobre as causas e a situação do colaborador inadimplente, informando-se e preparando uma lista de alternativas ao alcance daquele funcionário. Além de promover, periodicamente, eventos internos com palestras de especialistas, assessores financeiros sérios ou vídeos de esclarecimento sobre o tema.”
Além disso, a executiva ressalta que, com a evolução da tecnologia e dos meios de comunicação, o acesso a informações e recursos para resolver o problema de inadimplência se torna cada vez mais acessível. Por isso, ela deve ser discutida entre organização e colaborador, uma vez que os reflexos dela podem trazer danos para ambos os lados.  “Como em um incêndio, quase sempre a inadimplência começa pequena e, se debelada logo no início, com um contra-ataque de informação, esclarecimento e um mínimo de recursos, ela desaparece e não volta mais. Do contrário, poderá crescer como uma bola de neve e acabar afetando o colaborador, seus entes queridos, sua performance na organização e comprometendo toda a sua carreira”, afirma.