Um bom sinal

0
22



O nível de inadimplência dos consumidores da região Sudeste apresentou em agosto uma ligeira queda (1,06%) em relação ao mês anterior, atingindo índice de 2,79% dos valores transacionados, enquanto em julho o índice havia sido de 2,82%. É o que aponta a pesquisa sobre liquidação de cheques feita mensalmente pela Telecheque. Na comparação com agosto do ano passado, o índice deste ano foi 14,8% maior. Do valor total dos cheques pesquisados em agosto de 2012, a falta de fundos continua sendo a principal causa, com 77,8%. Os demais motivos foram: sustados, 7,9%; roubados ou furtados, 2,9%; fraudados, 1,4%; e outros motivos, 10,0%.

 

O indicador da região Sudeste ficou em terceiro lugar entre as regiões brasileiras, segundo a pesquisa de agosto. A região Nordeste ocupa a primeira posição no mês, com índice de inadimplência de 3,46% dos valores; a região Norte vem na sequência, com 3,32%; depois, a região Sudeste, com 2,79%; em seguida, a Centro-Oeste, com 2,67%; e finalmente a região Sul, que apresentou 2,35% de inadimplência.