Um cuidado necessário

0
9
O crédito empresarial é uma fatia importante do mercado. E, mesmo em um ano com índices ruins e cenário de retração no Brasil, como foi 2015, essa modalidade ainda é muito significativa. Com a proximidade do final do ano, as empresas precisam de ainda mais crédito para, por exemplo, preparar o estoque para a época de festas, pagar o 13º salário de seus funcionários e pagar também alguns impostos do começo do próximo ano, por isso, nessa época, a procura por crédito empresarial é maior, segundo Samuel Crespi, superintendente nacional de estratégia para micro e pequeno empreendedorismo da Caixa.
Ainda assim, o momento econômico do país exige cautela e, com isso, as empresas e os bancos precisam estar conscientes do melhor crédito para os empresários investirem no momento. “O crédito precisa ser o certo, com condições adequadas à capacidade da empresa, ao objetivo do investimento e ao cenário econômico. Também é importante a atenção ao cliente visando a adequação das linhas, caso o cliente venha a apresentar dificuldade de pagamento”, reforça Samuel Crespi, superintendente nacional de estratégia para micro e pequeno empreendedorismo da Caixa. Nesse sentido, ele aponta que para atender micro e pequenos empresários da melhor forma, é importante pensar em linhas de crédito específicas para esse público.