Clique e visite a landing do Congresso ClienteSA 2022

O canal para quem respira cliente.

Diga-me com quem andas…

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin



As redes sociais são grandes bancos de dados disponíveis gratuitamente para as empresas conhecerem seus clientes ou prospectarem novos consumidores. O Orkut é um dos pioneiros e mais populares no Brasil, dos 35 milhões de usuários, 75% são brasileiros. E novas redes surgem frequentemente com crescimentos espetaculares, como o Twitter, que já superou o próprio Orkut em número de participantes, atingindo 44,5 milhões em junho. Nessas redes, os usuários disponibilizam nome, profissão, gostos, desgostos e dados que possibilitam às empresas conhecer melhor seus clientes e fazer ofertas mais assertivas. Para rastrear os clientes que estejam de acordo com o perfil das companhias, a Oracle oferece, dentro do seu pacote de CRM, a solução CRM Social, que pode ser usada, por exemplo, para personalizar o atendimento a um cliente em busca de eletrodomésticos. “O atendente pode descobrir, pelas redes, que aquela pessoa comprou um fogão da loja concorrente; ou então, que é arquiteta e, se for bem atendida, pode sugerir aqueles produtos para os seus clientes”, exemplifica Elisabete Waller, vice-presidente de aplicativos da Oracle Brasil. O CRM Social torna possível “descobrir de qual rede de relacionamento o cliente faz parte e como a empresa pode influenciá-lo para proporcionar mais vendas”, explica.

Além das redes sociais públicas, o CRM Social faz buscas na própria base de clientes da empresa, que deve ser alimentada constantemente. Ainda no exemplo dado por Elisabete, o atendente que cadastrou a cliente como arquiteta, poderá descobrir, tempos depois, que outro consumidor foi indicado por ela e assim começar a criar uma rede social interna. A solução ajuda a “buscar informações de forma mais estruturada e organizá-las para que traga melhores resultados para a companhia”, diz.

Outra fonte de informação do CRM Social são os sites de compra pela internet que disponibilizam links para que os clientes avaliem a qualidade de serviços prestados ou a idoneidade do site. “O CRM Social consegue buscar as pontuações que os clientes dão aos serviços de compra on-line. E essas informações podem ser linkadas aos perfis das redes sociais”, afirma a executiva. A partir do cruzamento dos dados, a solução mapeia o padrão de compra do cliente e, dessa maneira, a empresa consegue fazer ofertas mais adequadas. “Antigamente, os clientes recebiam ofertas que não tinham nada a ver com o seu perfil. Hoje, elas são muito mais alinhadas com a realidade do cliente”, explica Elisabete.

No conglomerado de ferramentas que compõem a solução de CRM, a combinação do CRM Social com as de marketing direto permite ações mais assertivas. A integração entre o e-mail marketing e as redes sociais é um exemplo. A plataforma da Virid agrega, em uma mesma ferramenta, o disparo de e-mail marketing e a atualização dos perfis da empresa no Twitter e no Facebook, com base nas mesmas informações. O retorno de cliques conquistados em cada meio é disponibilizado em relatórios e, por meio dessas informações, a empresa consegue buscar os clientes que acessaram sua página nas redes sociais. Walter Sabini Junior, CEO da Virid, explica que, a partir desse feedback, a empresa deve selecionar esses contatos, para acrescentá-los a sua base de dados, e adquirir mais informações sobre o prospect. “As empresas podem colocar o apelido que o cliente usa na rede social no seu cadastro. Dessa forma, a empresa saberá todas as vezes que o cliente fizer um post”, exemplifica.

A rápida pulverização das informações pelas redes sociais também deve ser motivo de atenção para as companhias. Segundo Sabini Junior, se a marca proporcionar boa impressão para 10 mil, isso pode atingir quatro vezes mais pessoas, porque os clientes que gostaram da ação replicam para as suas redes. Elisabete concorda e explica que, pelo CRM Social, a empresa socializa o relacionamento com cliente para toda a rede de amigos dele.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima