O canal para quem respira cliente.

Mais de 100 motivos para brindar!

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin



Acompanhamos o setor de crédito em 100 edições e, durante cada uma delas, muita coisa mudou. Crescimento acelerado, transformação, profissionalização, novos produtos, novas formas de atender o cliente e mais classes sociais incluídas no mundo do crédito. Além disso, players entraram em aspectos diferenciados dos negócios e mais empresas ofertaram serviços relacionados ao crédito.

Durante essa trajetória, mudanças de governo e alguns sustos relacionados às crises aconteceram, mas, ainda assim, lá estava o crédito, firme, forte e conquistando importância e relevância. As ferramentas para sua operacionalização e gestão se multiplicaram e enriqueceram as oportunidades de mercado. Com elas foi possível criar e segmentar para agir com o foco necessário de cada nicho. O número de profissionais em crédito aumentou, embora ainda não suficiente para atender a demanda de mercado que cresceu a passos largos. E, junto a tudo isso, a Witrisk se firmou como uma das principais consultorias de risco do país.

Muitas foram as variações dos índices de inadimplência, que variaram de acordo com cada produto. Cada empresa teve uma curva específica e o mercado ajustou-se de acordo com novos produtos de menor risco, a exemplo do crédito consignado. O mercado de veículos teve um boom e continua firme e o varejo entrou de vez no mundo do risco.

Dessa forma, o ciclo do crédito passou por descobertas, aprofundamentos, concessões, manutenções e cobranças. Cada etapa ganhou ferramentas e softwares de primeira geração e a cultura do crédito encontrou espaço até mesmo entre os consumidores iniciantes, que aprenderam a se defender da super oferta de demanda.

Impossível é não comentar a grande importância que a mídia teve durante todo esse processo, cobrindo congressos e encontros que nos impulsionaram a entender melhor a nossa própria profissão. Em cada edição novos fatos, visões, experiências e aspectos importantes contribuíram para desenvolver a cultura de crédito no Brasil.

Porém, é ainda necessário muito investimento em infraestrutura, além de maior humanidade dentro do mundo empresarial. Temos que desvendar todos os potenciais de nosso país contando com a ajuda do governo, para sabermos até onde poderemos chegar.

Agradeço à ClienteSA pela grande participação na produção de informações enriquecedoras aos negócios de todos! Acredito que hoje estamos prontos para crescer ainda mais, pois dispomos de ferramentas inteligentes e conhecimento do ciclo de crédito, em um momento econômico favorável com a oferta de profissionais mais conscientes. 100 edições em quase 10 anos! Parabéns!

Para 2011, outra grande novidade para os profissionais desse ramo: o encontro da comunidade de crédito e cobrança do país no IRC+ & Fórum Witrisk!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima