8 dicas para procurar emprego através do Linkedin

Publicado no linkedportugal.com, por Ruy Pedro Caramez, autor de “”Linkedin – Rentabilize a sua presença online”

Os tempos que correm exigem novas formas de estarmos atentos ao mercado. O Linkedin anuncia todos os dias milhares de ofertas de emprego. Neste artigo, apresentamos 8 dicas para melhor acompanhar todas estas oportunidades.

1. Visite regularmente a página oficial do Emprego 
As pesquisas de emprego podem ser feitas, usando filtros variados: palavras-chave, localização, empresas, data de publicação, salário, indústria ou experiência na função.

 8 dicas para procurar emprego através do Linkedin

DICA ESPECIAL: Faça gravações das pesquisas e solicite envio de emails semanais das ofertas publicadas.

2. Acompanhe as Empresas através dos “Perfis das Empresas”

Esta funcionalidade permite aos utilizadores seguirem todas as novidades da empresa (ofertas de emprego, notícias da empresa, novas contratações, etc.). As páginas das empresas no Linkedin dão imensa informação relevante (ver post) – propostas de emprego, dados estatísticos sobre os empregados da empresa, entre outros dados.

 8 dicas para procurar emprego através do Linkedin3. Adira a Grupos Linkedin

Neste momento, existem 805.923 grupos no Linkedin. Os grupos são locais ótimos para acompanhar as inúmeras ofertas de emprego que são publicadas todos os dias no separador próprio existente em todos os grupos. Existem grupos dedicados especificamente à procura de emprego –  Empregos RH Portugal é um desses exemplos. No entanto, os grupos mais focados para as áreas de especialidade ou indústria atraem a maior atenção. Analise top 10 grupos Linkedin – Vagas e Emprego.

DICA: Pode subscrever até 50 grupos em simultâneo. Seleccione grupos com essas características e vá interagindo com recrutadores. Através de uma pesquisa simples, identificaram-se mais de 1000 utilizadores em Portugal.

linkedin recrutamento. 300x198 8 dicas para procurar emprego através do Linkedin

4. Participe nos grupos

Dentro dos grupos, discute-se muito: Opiniões, sugestões, ideias, eventos, etc. A variedade temática é imensa mas deve contar com o seu envolvimento. Participe de forma positiva nestes grupos, aumentando a sua visibilidade.

imagem grupo linkedin 300x162 8 dicas para procurar emprego através do Linkedin

5. Seja um especialista em Perguntas & Respostas

Este espaço pouco conhecido no Linkedin é um verdadeiro local de partilha de conhecimento. Muitas empresas fazem aqui a sua prospeção.

Atualmente, Cristina Falcão é uma das maiores utilizadoras deste espaço a nível mundial. A sua intensa participação (lançando questões e respondendo com qualidade) tem-lhe trazido enorme notoriedade como se constata nesta publicação do Mashable.

6. Use o Linkedin Signal

Durante o último ano, já fizemos referência a esta funcionalidade (ver post)

Esteja atento ao que os seus contactos de 1º e 2º grau vão dizendo no Linkedin. Filtre apenas as atualizações por palavras chave.

linkedin signal 300x277 8 dicas para procurar emprego através do Linkedin

7. Rede de Contatos

A sua rede de contatos apresenta novidades todos os dias no que diz respeito aos seus projetos profissionais. Assim, manter bons níveis de atenção para as novas posições dos seus contactos de 1º grau pode ser importante. A progressão dentro da empresa ou o novo projeto profissional podem trazer bons ventos para o seu lado.

DICA: Semanalmente, passe revista aos seus contatos em MY CONTACTS ou MEUS CONTATOS.

 

8. Adicione Aplicações ao seu Perfil

O vosso perfil é o elemento mais importante em todo o processo de procura de emprego. Este post não pretende focar funcionalidades susceptíveis de aumentar a visibilidade dos utilizadores no Linkedin. Deste modo, sugerimos as seguintes aplicações para efeitos de procura de emprego.

– Company Buzz

– Tweets

Estas aplicações permitem ao utilizador acompanhar o que dizem sobre a sua área de negócio, indústria ou empresa.

Finalmente, apresentamos um pequeno testemunho real com um final feliz!