A ciência do amor



Quando duas pessoas combinam romantica ou sexualmente, costuma-se dizer que houve uma “química” entre eles. Mas isso, você deve estar pensando, é só uma figura de linguagem. Até dezembro último, sem dúvida. Mas naquele mês surgiu um serviço de encontros em Boston que garante compatibilidade química aos casais que forma.


ScientificMatch é o nome da empresa (www.scientificmatch.com). A bem da verdade, ela não usa apenas componentes químicos para garantir o sucesso do encontro, avalia também valores e preferências pessoais. A informação sobre essas duas últimas variáveis é obtida via questionários, mas a combinação da química pessoal chega através de análise de DNA. Teria se descoberto que o sistema imune afeta a compatibilidade sexual, com a tendências das pessoas preferirem quem tem sistemas imunes diferentes dos seus. Os benefícios de sistemas imunes bem combinados, de acordo com pesquisa citada pela ScientificMatch, incluem uma vida sexual mais satisfatória, maior fidelidade, mais fertilidade e crianças mais saudáveis.


O preço do serviço é único: US$ 1.995,95. Mas não é anuidade, vale para sempre. Depois de se inscrever, você envia uma amostra de sua saliva (um esfregaço de algodão na parte interior de sua bochecha) para a empresa que então analisa a porção do seu DNA que se relaciona ao sistema imune. Combinações são sugeridas aos outros membros que têm química compatível. O processo não funciona com mulheres tomando pílula, nem com pessoas que foram adotadas muito jovens (menos de dois anos de idade) – estudos indicariam que essas pessoas tendem a buscar pares mais parecidos com seus pais adotivos do que a partir de seus próprios sistemas imunes. Mas funciona para o caso de relacionamentos homossexuais.


Os serviços da Scientific Match são oferecidos atualmente na região da Grande Boston, incluindo brevemente New Hampshire e Rhode Island.