A origem da palavra bicicleta

Muito oportunamente, em virtude da questão do direitos dos ciclistas em São Paulo, recebi o email abaixo do www.umacoisaeoutra.com.br. 

“Provém da palavra grega “kyklos”, círculo, objeto circular, através do latim tardio “cyclos”. Com esta palavra, e o prefixo latino “bi-“, formou-se a voz inglesa “bicycle”, que passou ao francês sem alteração, embora logo os franceses tenham preferido adotar seu diminutivo “bicyclette”. Esta forma foi adaptada para bicicleta em português, espanhol, catalão e rumeno.

Em 1816, o barão Karl von Drais idealizou um veículo impulsionado diretamente com os pés sobre o solo, ao qual chamou “draisine”, em sua própria homenagem. Em 1839, o ferreiro escocês Kirkpatrick MacMillan agregou pedais e alavancas de condução. Mais tarde, Pierre Machaud e seu filho Ernest introduziram pedais sobre uma das rodas e aumentaram consideravelmente o diâmetro da roda dianteira, que chegou até 1,5 m.

Duas décadas mais tarde, o inglês Lawson acrescentou a transmissão por corrente e o quadro que unia as duas rodas, o selim, os pedais e o guidão, e deu origem ao que se pode chamar de a primeira bicicleta. O novo veículo ficou completo em 1887, quando o veterinário irlandês John Boyd Dunlop inventou o pneumático e a válvula.”