A semana que passou: o calote do Eike, a demissão de Bill Gates, e mais

Mercedes-Benz-E-Class-Coupe-Cabriolet
Fábrica da Mercedes no Brasil será na cidade de Iracemópolis, SP. Saiba mais abaixo

A gente resolveu descumprir uma quase promessa e voltar a falar de Eike Batista. A situação continua de mal a pior para o ex-bilionário. Na terça-feira, 1/10, ele deu um calote histórico de quase 45 milhões de dólares em juros que deveriam ser pagos sobre títulos da OGX. A situação, porém, pode ser revertida se até o final do mês ele saldar a dívida.

Outro bilionário em apuros, e alguém que não costuma estar nessa lista, é o Bill Gates. De acordo com agência Reuters, o homem mais rico do mundo corre o risco de ser destituído do cargo de presidente do conselho de administração da Microsoft. O pedido foi feito por três dos 20 principais investidores da empresa, alegando que a presença de Gates atrapalha os negócios, já que limita a adoção de novas estratégias.

Uma notícia mais agradável é que a Cultura Inglesa de São Paulo colocou em funcionamento a Faculdade Cultura Inglesa. Focada em cursos de licenciatura em Letras com habilitação em inglês, a faculdade também formará professores para a Educação Básica – ensinos Fundamental e Médio – em oito semestres.

E nasceu a Corpco, “filha” da Oi com a Portugal Telecom. O início das operações foi na quarta-feira, 2/10, e a nova empresa de telecomunicações já tem números impressionantes a apresentar e grandes desafios pela frente.

Quem vai nascer também é a nova fábrica da Mercedes-Benz no Brasil. O CEO mundial da empresa, Andreas Renschler, e o presidente do Brasil, Philipp Schiemer, anunciaram oficialmente, na terça-feira, 1/10, a nova fábrica da montadora no país.A unidade será construída em Iracemópolis, interior de São Paulo, e receberá investimento de 500 milhões de reais. Espera-se que até 2016 a montadora tenha três fábricas no Brasil.

Fontes: Exame, Portal Abemd, Techcrunch, Mashable