A volta da Gradiente, programa de fidelidade faz parceria com F1 e outras

Gradiente volta ao mercado e lança tablets Android

A Gradiente, uma das principais marcas no setor de eletrônicos na década de 80, anunciou sua volta ao mercado nesta quarta (16). A empresa, fora do mercado desde 2006, agora pertence à CBTD – Companhia Brasileira de Tecnologia Digital, que arrendou por 360 milhões os direitos de uso da marca e começou a operar em agosto do ano passado, com aporte de 68 milhões de reais. O CEO Fabio Vianna diz que os foco da Gradiente será o mercado de entretenimento doméstico, celular, eletrônicos infantis e tablets. Leia a matéria completa no IDG Now.

Programa de fidelidade Starwood tem nova parceria

O SPG – Starwood Preferred Guest, programa de fidelidade da Rede Starwood Hotels & Resorts Worldwide, lançou oficialmente no último domingo (13/05) uma parceria de três anos com a equipe de Fórmula 1 Mercedes AMG Petronas, onde o objetivo é conceder a seus membros a chance de ter acesso exclusivo aos principais Grandes Prêmios em destinos como: Espanha, Mônaco (França), Cingapura, Brasil, Abu Dhabi (Emirados Árabes) e muitos outros. Leia a matéria completa no Revista Hoteis.

Apenas 4% dos usuários do Facebook clicam nas propagandas

Um estudo realizado pela CNBC e Associated Press revelou que 57% das pessoas no Facebook não interagem ou clicam em propagandas no site, e 26% afirmaram que raramente acessam o conteúdo comercial presente na rede social. Apenas 4% dos usuários admitiram clicar com frequência em publicidades veiculadas no site. Os resultados da pesquisa foram revelados no mesmo dia em que a GM afirmou que iria parar de anunciar na rede social (ver abaixo). Matéria do Adnews com informações do The Telegraph.

Marcas de automóveis tomam rotas diferentes no mundo Facebook

De um lado, a GM anunciou que pretende parar de anunciar na rede social. No ano passado, investiu 10 milhões de dólares em Facebook ads e concluiu que eles têm pouco impacto nas vendas de seus carros. É um problemão para Mr. Zuckerberg, pois o sucesso do IPO da empresa pode depender dos investidores acreditarem que é grande o potencial de receita em anúncios do FB. Leia a matéria, em inglês, no The Wall Street Journal.

A boa notícia, no mesmo setor, vem da Ford. Praticamente ao mesmo tempo do anúncio anterior, Matt Van Dyke, diretor de comunicações de marketing da montadora, falou à Forbes que o Facebook é “um elemento crítico e crescente em nosso mix de mídias”. Claramente referindo-se ao anúncio da GM, continuou, afirmando que “você não fez a escolha certa se enxerga Facebook como uma rede de publicidade. Você não pode apenas pegar um anúncio que está veiculando em outro lugar e colocá-lo no Facebook no formato de banner.” Leia a matéria, em inglês, na Forbes.

Brasil tem 27 milhões de usuários de smarphones

A pesquisa Our Mobile Planet, da Ipsos Media CT, revela que 14% da população brasileira possui umsmartphone, ou seja, 27 milhões de usuários, mais do que na Alemanha (24 milhões) ou na França (25 milhões). O objetivo do estudo foi descobrir o hábito de utilização e de consumo em smartphones em mais de 40 países. A pesquisa contou com o apoio doGoogle, MMA (Mobile Marketing Association) e IAB(Interactive Advertising Bureau).  O estudo também concluiu que 88% dos usuários de smartphones acessam redes sociais. Já 57% usam smartphones junto com a leitura de jornais ou revistas e 50% fazem pesquisas diariamente. Outra conclusão do estudo foi referente à compra via mobile, ou seja, 80% já pesquisaram produtos ou serviços no smartphone. Além disso, 66% dos que procuraram negócios nas redondezas acabaram visitando o local. Já 31% comprou diretamente de seu smartphone e 29% mudou de ideia dentro de uma loja como resultado de uma pesquisa em seu smartphone. Leia a matéria completa no portal ProXXIma.