Amazon estimula rejeições em vez de devoluções

Vejam que conceito interessante descobrimos em um artigo escrito por Bernice Hurst, Contributing Editor da RetailWire. A Amazon, aparentemente, descobriu uma saída para diminuir as devoluções que são unanimemente detestadas, seja pelos varejistas, seja pelos consumidores. Inovadora como sempre, a empresa patenteou um procedimento que permite aos destinatários recusarem presentes indesejáveis.

Funciona com o que eles chamam “Gift Conversion Rules Wizard,” no qua los parâmetros dos presentes aceitáveis são estabelecidos individualmente. O sistema é disparado quando determinedas pessoas enviam um presente ou quando alguma solicitação de presente atende determinados critérios. Por exemplo, restrições tais como “no clothes with wool” ou nada que contenha os termos “Justin Bieber or Susan Boyle” poderão ser despachados. “Check clothes sizes first” assegura que presentes de roupas estejam no tamanho certo.

A parte mais controversa está na censura de presentes recebidos de certas pessoas. O sistema da Amazon, de acordo com a patente, permitirá aos clientes ordenar que se troquem todos os presentes da tia Mildred, por exemplo, pois o usuário acredita que essa potencial presenteadora tem gostos diferentes dos seus.

Em casos assim, a Amazon parecerá ter aceito o pedido – mas, em vez do presente, enviará uma notificação para que o recipiente escolha outro produto ou um cupom para uso posterior. E, para evitar ofender a pessoa que presenteou, pode providenciar uma nota de agradecimento do presente escolhido – enquanto, secretamente, apreciará o presente convertido.

O que vocês acham?