Cobrança de taxas e fidelidade do consumidor



Li a informação no blog Church-Of-The-Customer: a American Airlines anunciou no dia 21 de maio que passará a cobrar 15 dólares de muitos passageiros para fazer o check-in da primeira mala. A nova política é anunciada meros quinze dias após várias companhias aéreas, inclusive a American, terem começado a cobrar 25 dólares pela segunda mala. O temor é que a decisão seja seguida por outras empresas, iniciando um novo, e mais sombrio, capítulo na história dos passageiros frequentes. Por falar nisso, a questão é se esse novo “fee” não vai gerar uma debandada, ou se vai ser como as cobranças de taxas nos caixas eletrônicos que a maioria das pessoas simplesmente não percebem.

 

O que vocês acham?