Como Google funciona – VII



Na primeira parte do artigo de Technology Trends, o autor, Hamlet Batista, apresenta o fantástico banco de dados do Google. Na segunda parte, ele sinaliza o que isso pode significar. Para o indivíduo, primeiramente.


Segundo ele, Google resiste a oferecer acesso fácil aos termos e condições sob os quais trabalha. Mas, em julho de 2008, eles finalmente aceitaram colocar um link para suas políticas de privacidade no final de cada página.


E, sinceramente, é uma leitura um tanto perturbadora. Primeiro, porque é muita coisa para ler: cada serviço – e são muitos – tem sua própria página. Além do volume de texto, os termos são vagos e não respondem de fato todas as questões. Os pontos-chave são provavelmente estes:


·        Google armazena dados não-anônimos em seus logs por 18 meses


·        Não é possível remover-se do Google; a natureza das ferramentas de busca implica em interconectar fontes de tal maneira que, na prática, não se consegue atender solicitações de remoção de informação


Isso significa que uma quantidade muito grande de informação pessoal está disponível, e permanece disponível por tempo suficiente para que Google e seus clientes possam construir perfis completos de todos que usam os produtos Google.


E as empresas? Próximo post.