Como Yahoo! perdeu o bonde da história



(resumo de um artigo publicado no site SiliconValley.com)


Quase oito anos atrás, Yahoo decidiu dar uma mãozinha a uma pequena empresa que estava iniciando, publicando sua tecnologia de busca na sua homepage e investindo um pouco de dinheiro.


A pequena empresa era o Google e a generosidade do Yahoo lançava o mais formidável competidor com que iria se defrontar. Agora, quando enfrenta uma ameaça de “hostile takeover” por parte da Microsoft, Yahoo está tendo de lidar com a punição por seu complexo relacionamento com Google, incluindo uma tentativa fútil de copiar o extraordinariamente lucrativo modelo de publicidade do competidor a um custo significativo para o seu próprio negócio.


Muito antes do mundo descobrir que Google havia transformado a Internet em uma máquina de imprimir dinheiro, Yahoo sabia disso.


Quando Google ainda era uma empresa privada, enviava seus relatórios financeiros para os escritórios do Yahoo em Sunnyvale, porque Yahoo fora um dos seus primeiros investidores. Esses relatórios mostravam o crescimento incrível do negócio de publicidade ligado a busca, com as vendas mais que dobrando de trimestre para trimestre.


Mas os executivos do Yahoo não se concentraram no dinheiro, estavam interessados em quanto tráfico estava sendo gerado pelas buscas. Em 2000, Yahoo concordou em usar e promover Google. No ano seguinte, foi ainda mais generoso, pagando 7.2 milhões de dólares ao Google por seus serviços (Google em troca pagou 1.1 milhão de dólares pela ajuda promocional), um dinheiro que Google na época necessitava desesperadamente.


O resto da história, em inglês, está em http://www.siliconvalley.com/news/ci_8592114?nclick_check=1