Clique e visite a landing do Congresso ClienteSA 2022

O canal para quem respira cliente.

Compartilhar. Atualmente, o nome do jogo

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin



Tem um livro que eu gosto muito chamado Love is the killer app (o livro existe em português, com o título Amor é a melhor estratégia). O autor, Tim Sanders, foi Chief Solutions Officer do Yahoo! e, apesar de mais e mais ficar parecendo com o Dale Carnegie (lembram de Como ganhar amigos e influenciar pessoas?), o que ele fala faz todo sentido. O Tim acredita, apaixonadamente, que os negócios devem ser feitos a partir de emoções positivas e compaixão.


A ilustração perfeita disso é uma pessoa que junta dois conhecidos cujos negócios se complementam. Na visão que podemos chamar de prática, ou interesseira, dependendo de onde nos posicionemos, essa pessoa seria um intermediário e cobraria algum tipo de fee, nem que fosse favores no futuro. Na visão do Tim, essa intermediação seria feita sem nenhum ganho imediato, com o objetivo simplesmente de fortalecer os laços da rede. Segundo ele, as relações desse tipo têm uma força muito maior do que aquelas onde a intermediação é remunerada. O amor remunera mais, segundo esse visionário.


Lembrei do Tim hoje, quando recebi um Email Insider, do MediaPost, onde o tema era “Are your emails  ‘shareworthy’?”. Ou seja, dignos de serem compartilhados. E compartilhamento, nesses nossos tempos de peer-to-peer e de comunidades e de you tube, é a palavra-chave para que qualquer estratégia de marketing seja bem sucedida. Ou não?


Eu acho que sim e por isso vou compartilhar com você o que aprendi com o newsletter que recebi. Em duas partes: Por que as pessoas compartilham? e O que torna o seu conteúdo ‘shareworthy’?

 

Bom final de semana.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima