Email continuará reinando nos próximos anos



Está acontecendo neste momento em uma ilha da Flórida (Captiva Island) a edição deste ano do Email Insider Summit. Na sessão de abertura, quarta-feira passada, discutiu-se a sobrevivência do email como ferramenta de comunicação da próxima geração de profissionais, acostumada com redes sociais como MySpace e, principalmente, Facebook.


 


A empresa de pesquisa Habeas aproveitou para apresentar seu estudo anual de atitudes do consumidor. Ela aponta para o fato do email permanecer como “o método primário de comunicação tanto pessoal como profissional”. O estudo chegou à conclusão que o email continuará sendo preferido “apesar do crescimento de ameaças online e a emergência de outros canais de comunicação e aplicações Web 2.0″.


 


67% dos respondentes preferem email para se comunicar online e 65% acham que ainda será assim em cinco anos. 65% entre os respondentes com 18-34 anos disseram que usarão email em comunicações de negócios daqui a cinco anos. Por outro lado, a pesquisa também descobriu uma preocupação crescente com segurança de emails. E o fato de que emails diários são tão impopulares quanto pop-ups – os dois foram considerados as táticas online mais danosas para a reputação de uma empresa.