O canal para quem respira cliente.

Estudo: fidelização precisa de mobile, Google busca ideias, e mais

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin

Estudo: varejistas precisam que mobile complemente esforços de fidelização

Desenvolvido no MIT, a roda de Copenhaguen pode transformar qualquer bicicleta em um veículo híbrido-elétrico. Crédito da imagem: copenhagenwheel.tumblr.com Leia mais abaixo

Redes de varejo que investem pesadamente em fidelidade, mas negligenciam a criação de recursos convincentes para compras online e via mobile estão deixando de atender as necessidades dos consumidores, afirma um novo relatório do Grupo Acquity. Um dos principais tópicos do estudo “Desktop versus Smartphone: Technology’s Impact on Omnichannel Behavior”, do Grupo Acquity, é que alguns varejistas estão investindo excessivamente em fidelidade enquanto outras táticas no interior da loja, tais como wi-fi estão sendo empurrados para segundo plano. “Programas de fidelidade ainda são uma parte importante do marketing e da estratégia de vendas de uma marca de varejo”, disse Chip Knicker, vice-presidente do Grupo Acquity, Chicago. [Mas] “Os resultados do estudo demonstram que outros fatores, como a oferta de um desconto para primeiras compras fora de um programa de fidelidade e uma experiência de compra conveniente vêm se tornando mais importante para os consumidores”, disse ele. Portal Abemd

Google busca ideias para ONGs brasileiras

A partir desta segunda-feira, 21, o Google lança o Creative Sandbox Brief 2.0, que convida criativos de agências de publicidade de todo o Brasil a pensar em ações inovadoras de marketing digital. Em sua segunda edição, o concurso permite escolher uma entre três ONGs brasileiras, com diferentes frentes de atuação, para desenvolver uma campanha para a instituição. Os participantes podem optar entre Instituto Ayrton Senna, com foco em educação,Endeavor Brasil, que atua com empreendedorismo, e o Eleições Limpas, que alerta sobre a corrupção na política. O Google premiará a melhor ideia para se tornar um projeto para uma destas entidades. Na edição de 2012, o projeto vencedor, nomeado de Accessibility View, tratava de uma espécie de Street View gerado por deficientes físicos, para mapear a cidade de São Paulo em relação à acessibilidade. Adnews

Oracle aposta fichas em marketing de conteúdo ao comprar a Compendium

A Oracle anunciou na última quinta-feira (17/10) que fechou um acordo para adquirir a Compendium, um fornecedor de marketing de conteúdo baseado em nuvem. Um comunicado da empresa que anunciou o negócio chamou a abordagem orientada para dados da Compendium uma ” solução inovadora [que] complementa a Eloqua Marketing Cloud, da Oracle”. O movimento foi saudado como um divisor de águas por Toby Murdock, CEO da Kapost, um fornecedor de software de marketing de conteúdo. “Hoje, a categoria de software de marketing de conteúdo foi inaugurada oficialmente”, escreveu Murdock em seu blog. “Quando a Oracle, terceira maior fornecedora de software do mundo, faz uma aquisição em um segmento é um sinal claro de que a necessidade é clara e crescente para esse segmento.” Murdock estima que a oportunidade de mercado dos EUA para o software de marketing de conteúdo é pelo menos US$ 4 bilhões/ano, com base em um estudo de Gartner relatando que as empresas gastam uma média de US$ 1,3 milhões por ano em criação de conteúdo. Combinando as capacidades do Compendium com a Eloqua, a Oracle deverá permitir aos usuários melhorar a qualidade dos leads de vendas e aumentar a fidelidade do cliente. “O processo de compra está mudando de orientado para vendas para orientado para o marketing”, disse Thomas Kurian, vice-presidente executivo da Oracle Development. “As empresas estão desafiadas a entregar conteúdo relevante e envolvente através de múltiplos canais e ao longo do ciclo de vida do cliente”. Portal Abemd

Começou a corrida para comercializar bicicletas híbridas

A Copenhagen Wheel é uma roda de bicicleta projetada para “transformar praticamente qualquer bicicleta em um veículo híbrido-elétrico”. Seu cubo gigante de plástico vermelho-cereja é preenchido com algo não muito diferente do Sistema de Recuperação de Energia Cinética utilizado em veículos híbrido-elétricos. Quando você pressiona os freios você gera energia elétrica a ser armazenada para uso posterior. A Copenhagen Wheel foi criada pelo Senseable City Lab, do MIT, e apresentada em 2009 durante a conferência sobre clima em Copenhague, e agora uma startup de Cambridge, Massachusetts, está trabalhando para comercializar a invenção. Mas ela tem concorrentes. A Flykly, de Nova York, foi criada por engenheiros que cansaram de esperar que a Copenhagen Wheel chegasse ao mercado. Eles afirmam que seu produto, muito semelhante ao original, tem metade do peso. Portal Abemd

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima