O canal para quem respira cliente.

São Paulo, Brasil - 28 de janeiro de 2022, 17:03

Facebook Marketing: 3 erros. A estética da “nova classe média”. E mais

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin

Facebook: 3 erros que você pode evitar ao usar a rede em seu marketing

Fae Esperas: “Faz quase um ano que comecei a fazer social media marketing. Na ocasião, eu pensava que meu trabalho seria principalmente publicar posts na página do Facebook do cliente, com fotos e tiradas bem-humoradas que dariam voz à marca. Aos poucos, no entanto, percebi que o trabalho seria bem mais difícil, mais desafiador até do que escrever posts para os blogs. E apesar de dedicar tempo e esforço na criação de conteúdo que iria ser publicado nos perfis de meus clientes muitas vezes o resultado foi pífio.” Leia a matéria completa em A Zona de Desconforto.

A estética da “nova classe média”

Nos últimos anos, o Brasil tem comemorado o ingresso da chamada “nova classe média” ao mercado de consumo.  E é interessante perceber como o “mercado” estava (e continua estando) despreparado para recebê-la. A nova classe média lota os corredores dos shopping centers mas, simplesmente, não entra maioria das lojas (mais explicitamente, as lojas de roupa). E o problema, não é o preço. A explicação para este comportamento resistente pode estar na incompatibilidade estética (já falamos disso, lembra?). Leia a matéria completa em A Zona de Desconforto.

O guia mais “completo” e atual de termos de branding

Vai ficar realmente engraçado se você dominar o inglês. Mas, ainda que você não seja assim um xeiquispír, dá para se divertir com a ironia e a irreverência desse glossário preparado pela firma canadense Compass360. Alguns exemplos: “The 10 combrandments. Thou shalt not make the logo bigger. Repeat 9 times.” “B-Rand. Um branding de segunda classe ou derivativo que parece desconfortavelmente com o trabalho de Paul Rand.” “Brandiloquence. Texto pomposo para defesa de uma marca.” E por aí vai. Veja a lista inteira em DesignTaxi.

As 10 melhores fotos de “brands” no Instagram

Jeff Bullas: “As marcas já perceberam que o envolvimento online com os clientes pode começar com o simples ato de publicar uma foto.  Às vezes saber o que compartilhar resume-se a tentativa e a uma dose de bom senso e estilo.
A presença Instagram na web tradicional ainda é mínima, com apenas um blog como principal ativo. O resto da ação ocorre no celular com as imagens sendo compartilhado no Twitter e no Facebook. Aqui estão imagens das 10 marcas top  (MTV, Starbucks, Burberry, Nike, Gucci, General Electric, Audi, Tiffany´s, Hermé e McDonalds) da Interbrand top 100, ou seja, as marcas mais conhecidas globalmente, escolhidas a dedo entre as fotos publicadas em seus perfis no Instagram. Quem sabe elas podem inspirá-lo a adaptar a sua estratégia de marketing visual via Instagram.” Leia a matéria completa, e veja as fotos, no JeffBullas.com.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima