O canal para quem respira cliente.

Google ensina inteligência artificial a treinar inteligências artificial

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin

O Googleplex é o complexo de edifícios que abriga a principal sede da empresa. Fica em Mountain View, uma pacata cidadezinha a cerca de uma hora de trem de San Francisco. O aglomerado urbano, se é que dá para chamar de aglomerado um local cheio de edifícios baixos e separados por grandes gramados, parece mais o campus de uma universidade do que uma cidade propriamente dita.

De certa forma, é um campus, sim, embora não abrigue escolas convencionais. As empresas que estão sediadas lá, como o próprio Google, não param de pesquisa e de avançar o conhecimento humano principalmente sobre tecnologia.

E, agora, vai avançar também em um conhecimento não humano.

A gigante das buscas (e cada vez mais também de outras tecnologias) está investindo na criação de sistemas inteligentes capazes de idealizar e criar novos sistemas inteligentes. Em outras palavras, o Google quer automatizar o processo de automatizar processos. 

A empresa refere-se a essa área de pesquisa como “AutoML”, uma abreviação, em inglês, de “aprendizagem automática de máquinas”. O principal objetivo é permitir um uso mais amplo e eficiente de sistemas de inteligência artificial, que exigem muito trabalho de profissionais altamente qualificados – escassos até mesmo no Google.

Continue lendo… 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima