Interesse por serviços de geolocalização cresce e vai além do check-in

eMarketer.com:

Os usuários de celular, especialmente os que usam smartphones, têm adotado os services de geolocalização em número crescente, de acordo com estudo da comScore. Mas serviços como o Facebook Places e foursquare não são as únicas ferramentas baseadas em localização que os consumidores querem.

No primeiro trimestre de 2011, o provedor de wi-fi móvel JiWire descobriu que cerca de metade dos usuários de seus hotspots estariam interessados em fazer “check-in”, um crescimento de 27% em relação ao trimestre anterior. Serviços que os ajudariam a encontrar lojas ou outros pontos de interesse eram até mais populares.

Usuários de wi-fi móvel também haviam aumentado seus apetites por críticas sobre locais, maneiras de se conectarem com outros e ferramentas para verificar disponibilidade de produtos nas redondezas. No geral, a proporção de pessoas não interessadas em qualquer tipo de serviços geolocalizados caiu quase pela metade, de 22% para 12%.

Uma barreira para a adoção de serviços de geolocalização tem sido a questão da privacidade, que está se tornando mais quente na web móvel. A maioria das pessoas que baixaram aplicativos disseram à Nielsen em abril que estavam preocupados com sua privacidade. Mais até entre as mulheres – uma diferença de 7 pontos percentuais.

A Nielsen também descobriu que privacidade eram um tema que atravessa todas as faixas etárias, embora os mais velhos sejam os mais preocupados.

Ainda assim, o interesse crescente tanto em check-ins como em outros services baseados em geolocalização sugere que alguns usuários estão ficando mais confortáveis com o compartilhamento da informação de onde estão através do celular.