Linguagem de programas de fidelidade será monitorada, a balsa do Google…

Linguagem de programas de fidelidade será monitorada

Há especulações que a construção seja um novo projeto do Google.
Data center flutuante: novo projeto do Google? Confira abaixo

Um dos principais órgãos americanos de defesa do consumidor, o Consumer Financial Protection Bureau (CFPB), está planejando rever as políticas de programas de fidelidade de cartões de crédito, um movimento que deve incentivar mais clareza em todas as comunicações. O anúncio foi feito em 2 de outubro passado, apenas um dia após a paralisação do governo dos EUA e após a publicação de um relatório sobre os resultados do Credit Card Accountability Responsibility and Disclosure Act of 2009 (CARD Act). Essa lei foi criada para estabelecer práticas justas e transparentes no mercado de cartões de crédito com o objetivo de proteger mais de 70% da população dos EUA que são possuidores de cartões de crédito. O relatório concluiu que o custo do crédito caiu 2% entre 2008 e 2012, e o CFPB considerou que está na hora de investir na linguagem usada pelos programas. “Muitos consumidores estão escolhendo seus cartões de crédito com base nos programas de fidelidade”, disse Richard Cordray, diretor do CFPB. “Essas propostas, no entanto, podem ser altamente complexa e os consumidores se deparam com regras confusas sobre como eles realmente podem utilizar as suas recompensas.” Fonte: Colloquy (via Portal Abemd)

Balsa misteriosa pode ser futuro data center sustentável do Google

Uma grande estrutura flutuante está sendo construída em Treasure Island, antiga base da marinha americana. Há especulações que a construção seja um novo projeto do Google. Não está claro o que há dentro da barcaça, mas sabe-se que ela tem cerca de quatro andares de altura e foi feita com uma série de contêineres de última geração. Segundo o site CNET, o Google pode estar criando um data center flutuante. Em 2009 foi concedida uma patente ao Google para tal construção. Por estar localizada na água, a barcaça pode utilizar a água do oceano no resfriamento do data center, que hoje é um dos sistemas que mais consomem energia no mundo. Além disso, a estrutura poderia gerar energia através das ondas, o que seria bom tanto para a empresa, que reduziria seus custos, como para o meio ambiente. Outra vantagem seria a estrutura portuária, já que os data centers já são construídos como contêineres, o que facilita o transporte e a construção. Para ligar, ainda mais, o projeto ao Google, funcionários da área afirmam que empregados da empresa estão constantemente nas redondezas. Não é certo se a estrutura será mesmo um data center, mas analisando o histórico inovador e empreendedor do Google, é provável que sim. CicloVivo

Pesquisa: busca orgânica têm taxas de conversão mais altas, mas menos motivadas

A questão de qual a taxa de conversão do tráfego orgânico foi colocada no 2013 MarketingSherpa SEO Marketing Benchmark Survey. Mas há um cuidado inicial a ser tomado: conversão pode ser definida de forma muito diferente mesmo dentro da própria indústria. Na mesma pesquisa perguntou-se “Como é que a sua organização definir uma conversão em seu site? E as respostas foram: “Preenchimento de formulários com vários campos de dados” – 49%, “Venda online concluída” – 25%, “Preenchimento do formulário com um campo de dados” – 10%, “Outros” – 17%. Isso certamente explica porque, por exemplo, agências de marketing, consultorias, empresas de mídia e editoração relatam as maiores taxas de conversão (20%), enquanto o varejo, e-commerce, venda ou distribuição em atacado de relatórios, a menor taxa de conversão (11%). Em relação à questão principal, a pesquisa descobriu que taxas de conversão orgânicas são em geral muito mais altas do que para mala direta, TV ou rádio. Dessa forma, se uma empresa descobrir que seu tráfego orgânico tem baixas taxas de conversão em relação a outros canais, vale a pena explorar por que isso acontece. Será que as palavras-chave não refletem o seu produto, serviço ou meta de conversão? A descrição de sua meta descrição está equivocada? Você tem um erro técnico em sua página? Talvez os prospects precisem abrir várias abas no navegador. A sugestão é dar uma olhada na SERP (search engine results page), descobrir os resultados das empresas mais semelhantes à sua e ver o que essas empresas estão oferecendo e você não. Por outro lado, embora o tráfego de busca orgânica converta bem, ele não é tão altamente motivado a ponto de você poder esperar uma taxa de rejeição de 0%. Afinal de contas, uma taxa de conversão de 20% é ótimo, mas ainda significa que 80% do tráfego não está convertendo. Fonte: MarketingSherpa (via Portal Abemd)

Emarketer mede importância das redes sociais no Brasil

O uso das redes sociais no Brasil, como Facebook e Twitter, é de grande importância para navegação na internet, de acordo com 38% dos usuários. Os números são daEmarketer, que publicou nesta semana pesquisa feita na América Latina. Em uma escala de 1 a 5, 25% conferem nota 4 para a relevância destas mídias, enquanto 27% aplicam nota 3. Para 6% a importância é pequena, enquanto 4% afirmam que o uso destes sites não é considerável para experiência online. O levantamento ainda compara o cenário brasileiro com outros países latino americanos. Portal Abemd