Milhas para pets, como gerar boca-a-boca, empresas multadas, e mais

Cães e gatos ganharão milhas se voarem por companhia aérea

Cães e gatos também ganharão milhas pela Virgin Australia (Foto: Virgin Australia/Divulgação)Bichos de estimação também vão ganhar milhas quando viajarem por uma companhia aérea australiana. A Virgin Australia anunciou nesta semana que vai incluir cães e gatos em seu programa de fidelidade. A companhia, que leva quase 30 mil animais de estimação por ano em suas aeronaves, vai dar pontos aos donos que viajarem com seus pets. Segundo a empresa, o programa é uma extensão de seus benefícios dados a familiares dos passageiros – que ganham bônus quando levam as famílias nas viagens. O programa foi lançado pelo veterinário e estrela da TV australiana Chris Brown (na foto, durante lançamento do programa).G1 – Turismo e Viagem

Como gerar boca-a-boca em congressos e feiras

Se você já esteve à frente de um estande, tentando se destacar no meio de outras dezenas de empresas que estão tentando chamar a atenção das mesmas pessoas, empurrando-lhes folhetos e brindes, vai gostar dessa matéria preparada pelo pessoal do Wordofmouth.org.Eles elegeram três formas de você ser percebido, lembrado e comentado. Continue lendo em A Zona de Desconforto

Coca-Cola, Vivo e TIM são multadas

O Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor (DPDC), ligado ao à Secretaria Nacional do Consumidor, do Ministério da Justiça, multou a Coca-Cola, a Vivo e a TIM nesta terça-feira, 9, por veiculação de publicidade enganosa. A Coca-Cola (Sistema de Alimentos e Bebidas do Brasil Ltda. – SAAB) recebeu a menor multa: R$ 1, 1 milhão. O motivo foi a oferta da bebida “Laranja caseira”, que não deixava claro que o produto é um néctar (que contém aditivos e água) e não um suco. Já a TIM foi multada em R$ 1,6 milhão pela campanha “Namoro a mil”. Segundo o DPDC, a operadora “não demonstrou de forma clara e ostensiva as condições para o consumidor obter os minutos e torpedos promocionais” e o induzia ao erro em relação ao recebimento dos mil minutos e concessão de torpedos. Incorreu no mesmo erro a operadora Vivo, mas em relação à campanha “Vivo de Natal”, que segundo o órgão de defesa do consumidor, veiculou mensagens que não apresentavam dados essenciais para que o consumidor ganhasse R$ 500 em ligações, mais 500 torpedos. Neste caso, houve a agravante de que a empresa vendeu quantia de pacotes maior que a de sua capacidade operacional. A companhia foi multada em R$ 2,2 milhões. Meio&Mensagem

UnB lança escola de formação para moradores de rua

A Universidade de Brasília (UnB) lançou na última quarta-feira (3) um novo programa de extensão, a Escola de Formação Permanente para o Protagonismo do Movimento Nacional da População em Situação de Rua (MNPSR). O objetivo é orientar catadores e moradores de rua sobre seus direitos, além de fornecer apoio a outros movimentos sociais. A iniciativa é da pesquisadora Rose Barboza, uma das coordenadoras do projeto, em parceria com a professora Maria Lúcia Leal, do Departamento de Serviço Social (SER). O projeto visa fortalecer a luta da população que vive nas ruas pela democratização do acesso a seus direitos tanto nas esferas governamentais como na sociedade civil. O processo de construção dos debates é baseado no Método Paulo Freire, no qual o objetivo é que a experiência das pessoas seja utilizada como forma de conteúdo nas aulas, oficinas e nos debates. “Há também espaço para que elas possam discutir direito, políticas públicas como moradia, saúde e educação”, explicou Rose. Ciclo Vivo