Profissional do email marketing conta seus segredos



Veio no Email Insider. O autor da matéria, David Baker, conta os sete hábitos de um dos principais email-marketers, Stephen Covey. Achei interessante porque não são tão óbvios como pode parecer à primeira vista.


“1. Seja proativo. É mais do que tomar a iniciativa, é aceitar responsabilidades e fazer decisões baseadas em princípios em vez de estados de espírito e circunstância. No marketing digital, diz Stephen, é comum pegar a estrada fácil sem ligar muito para o planejamento do email marketing. Pegue uma lista, envie um email, e pronto. Mas para evoluir, você não deve pular os estágio de planejamento e a oportunidade de tentar coisas novas.


2. Comece com o final em mente. Se você não define para onde vai levar o seu programa de email marketing, como espera que ele chegue a algum lugar? Pode ser algo tão simples como aumentar sua lista, pode ser centrado em “alcance”, ou você pode partir de “engajamento” e procurar encontrar pontos transicionais no ciclo de envolvimento do consumidor. Para cada ponto, você deve desenvolver um ponto final definido na direção do qual você deve construir e comunicar suas mensagens.


3. Comece pelo começo. Certamente, o elemento inicial e talvez mais importante do seu programa é sua “lista”. Tudo vive e progride a partir desse ponto. Cresce e evolui e é o ponto central de suas boas práticas. Crescimento, por outro lado, pode levar a atrito. Você lutará uma batalha constante para atingir todo mundo, todo tempo, mas deve proteger cada consumidor que entrar e respeitá-lo como um ativo do qual seu negócio depende. Pense em como obter sua permissão, como irá respeitá-la e como construirá valor a partir dele no tempo.


4. Pense em ganha-ganha. Pense nas pessoas da sua equipe que fazer Search Engine Optimization e Search Engine Marketing, que compram mídia, que trabalham com afiliados, que mantêm seu website evoluindo. Você tem que chacoalhá-las sempre, e para isso tem que descobrir valor no faz e traduzir esse valor em um cenário ganha-ganha para essas outras parte do seu negócio. Lembre-se que você faz parte de uma família de partes intercambiáveis, e que atribuição é não-exclusiva.


5. Procure entender primeiro e depois ser entendido. A maioria das pessoas não entender o que está envolvido com email, mas se você tentar dizer a pessoas que nunca gerenciaram uma lista, desenvolveram uma campanha, ou tentaram fazer análises sobre 25 domínios, que email é difícil E VALIOSO, isso vai cair em ouvidos moucos. Você tem que encontrar um entendimento comum de resultados e atribuições, mas entender que isso significa coisas diferentes para cada pessoa. Se você não entende o que move seu negócios e os grupos que dependem de você, você nunca será entendido e nunca será ouvido

6. Gere sinergia. Não é apenas comprometimento, é crescer a partir dele. Em nosso mundo do marketing digital, podemos chamar isso de otimização – em relação a tempo, verba e idéias. O profissional consumado tem que encontrar maneiras criativas de gerenciar a verba de hoje, mas fazê-la crescer para amanhã. E isso só é conseguido através da geração de muitas idéias, do desejo intenso de tentar novas coisas e correr riscos. Se eu tivesse uma idéia para cada desculpa que ouvi pelo fato de não atingirem resultado, seria uma homem muito, muito rico.

7. Mantenha-se afiado. Meu time é desafiado continuamente para aprender e crescer. A única maneira que você aumentar seu valor para a organização é através do auto-crescimento e do auto-desenvolvimento. Você deve se desafia continuamente para aprender. Email é apenas um pequeno elemento do marketing mix, com alguns dos princípios mais essenciais que você necessitará – mas depende de você se desenvolver. Tente ler novos livros fora do campo de email marketing (nós dizemos todos a mesmas coisas nesses livros).”