Realidade Aumentada: as novidades do Facebook

Resultado de imagem para augmented reality facebook

Como disse na primeira parte deste artigo, estou envolvido até a testa em um projeto de Realidade Aumentada. E por isso resolvi compartilhar com vocês o resumo de um artigo que encontrei no Adweek. Já vimos que, para reforçar suas estratégias de crescimento diante de concorrentes como Amazon e Snapchat, Google e Facebook estão atraindo parceiros criativos voltados para usar tecnologia avançada em storytelling. Demos uma passada no que foi discutido no “AR Day” do Google e agora é a vez de vermos o que se debateu no “AR Studio Day” no Facebook.

Como o próprio nome do evento indica, o Facebook reuniu desenvolvedores de sua plataforma AR Studio, mas envolveu também o Messenger e o Instagram.

Segundo o Facebook, um dos seus principais focos é ajudar as pessoas a encontrar novas formas de se expressarem por meio de vários novos recursos de rastreamento:

  • Rastreamento de rostos, como o Mike’s Messenger Karaoke
  • Rastreamento de alvos, como as versões Ready for One da Warner Bros e The Wrinkle in Time da Disney
  • Rastreamento de mãos, que está chegando em breve
  • Rastreamento de corpos, que está chegando em breve

A narrativa contextual é outro elemento da filosofia de RA do Facebook. A compreensão de cenas semânticas é um recurso essencial que permite que o conteúdo de RA se adapte ao seu respectivo ambiente. Objetos reconhecidos se tornam gatilhos para cenas relevantes. Por exemplo, se a câmera vir uma geladeira ou um forno, ela sabe que está na cozinha e pode colocar um novo aparelho Cuisinart ou Nespresso em uma superfície plana próxima.

A equipe do Facebook Messenger foi particularmente otimista em experiências de RA orientadas a serviços e ativadas por comércio. Inserir uma experiência de RA entre as falas de uma conversação de chatbot gera oportunidades para personalização, orientações sobre produtos e “try-ons” virtuais. Exemplos como o Unboxing Virtual da Asus, o Assistente Virtual da Sephora e a campanha Summon the Stinger da Kia são exemplos de casos de negócios que mostram como O Messenger pode ser um driver eficaz para o comércio.

A longo prazo o plano é integrar a tecnologia AR Studio no Messenger, no Instagram e no Facebook Lite, mas não espere que ela viva uniformemente em todo o ecossistema. A equipe ainda está definindo seu roteiro estratégico de como as experiências de marca funcionam como uma campanha 360º em todos os aplicativos do ecossistema, mas é provável que os anunciantes considerem o conjunto exclusivo de recursos de UX de cada plataforma quando eles forem estabelecidos. E se isso parecer uma tarefa difícil para as marcas, lembre-se de que a comunidade de parceiros criativos do Facebook pode ser bastante útil.