O canal para quem respira cliente.

Salesforce compra ExactTarget, HSBC e AccorHotels fazem parceria, e mais

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin

Salesforce.com compra ExactTarget

A Salesforce.com anunciou a compra ExactTarget no mundo, em um negócio avaliado em US$ 2,5 bilhões. A transação foi aprovada por unanimidade pelos Conselhos de Administração de ambas as empresas, que ocupam as primeiras posições nos mercados que atuam. A Salesforce.com é uma empresa de tecnologia com plataformas de CRM e a ExactTarget atua em email marketing e marketing digital. Dessa união surgirá uma das maiores empresas de tecnologia em comunicação interativa do mundo.
Este movimento deve colocar a Salesforce como um player à altura de competir com IBM, Oracle, SAS e Teradata em gestão de marketing direto = marketing diálogo. Outras notícias do mercado de marketing direto = marketing diálogo no portal da Abemd

HSBC Bank Brasil e Accorhotels fazem parceria entre clubes

O HSBC Bank Brasil e o Le Club Accorhotels firmam uma parceria entre seus programas de fidelidade. Os clientes do banco poderão transferir seus pontos para o programa da Accor, sendo que cada dois pontos acumulados pelo HSBC equivalem a um ponto no Le Club Accorhotels. Aqueles que realizarem a primeira transferência até 30 de junho ganharão um bônus de 600 pontos. São oferecidos benefícios como tarifas diferenciadas na rede Accor em diferentes países, descontos em bares, restaurantes, clínicas de estética e aluguel de carro. Outra possibilidade são as experiências “Money Can´t Buy”, como visitas à camarins e áreas VIPs de shows, espetáculos e eventos esportivos. Mundo do Marketing

Drogarias usam estratégia de fidelização diferenciada após resolução da Anvisa

A Resolução 96 da Anvisa – Agência Nacional de Vigilância Sanitária – proibiu farmácias e drogarias de incluir  medicamentos em seus programas de fidelidade. “Depois da resolução, somente os itens de perfumaria – que correspondem a apenas 30% do total das vendas – podem fazer parte dos programas de fidelidade”, explica o especialista no tema Marcelo Cristiano Gonçalves, sócio-diretor da Marka Fidelização e Relacionamento. Por isso, foi necessário repensar a estratégia. Quase cinco anos depois da Resolução – ela é de 2008 – , entretanto, novos modelos bem sucedidos de programas de fidelidade para farmácias e drogarias se consolidam no mercado. “As drogarias e farmácias começaram a ter outros modelos de incentivo para estimular os clientes a voltarem ao estabelecimento e realizarem uma nova compra”, afirma. Paranashop

Social commerce no Brasil ganha nova onda com surgimento do BazzApp

Com foco em pequenas empresas e pessoas físicas que queiram vender pelo Facebook, a startup BazzApp conta com mais de 2 mil vendedores cadastrados e uma base de 290 mil fãs na sua fanpage. A empresa surgiu em outubro de 2012 como um marketplace dentro da rede social e com menos de um ano desde a sua criação, obteve um rápido crescimento e aportes de investidores anjos. O objetivo da plataforma é fomentar o comércio com base em mecanismos sociais como recomendação e curadorias online.

A empresa foi criada por Lucas Aragão, ex-funcionário do Peixe Urbano, que percebeu a oportunidade a partir da observação de alguns modelos de social commerce praticados no exterior.  “Existem negócios lá fora que funcionam como um sistema de curadoria, onde os usuários se ajudam para orientar a compra. Outros possuem mecanismos de recomendação. E aqui no Brasil vimos que havia a necessidade de uma plataforma que permitisse às pessoas montar uma loja com facilidade e expor seus produtos de forma simples”, explica o Sócio Fundador da BazzApp, em entrevista ao Mundo do Marketing.

O nome da plataforma vêm da união entre as palavras bazar, buzz e app, que refletem sua filosofia: um bazar online que funciona a partir do buzz gerado pelos usuários do aplicativo.  Qualquer pessoa ou marca pode se cadastrar gratuitamente no sistema, sendo a única exigência o vínculo com uma conta no Facebook e a apresentação dos documentos necessários. A transparência no relacionamento entre vendedores e compradores é a base da aplicação. “A segurança é muito importante, mas não se trata apenas da transação. As pessoas querem saber com quem estão negociando. Por isso reforçamos o conceito da transparência acima de tudo. No BazzApp, compradores e vendedores estão em contato”, explica Lucas Aragão.

A empresa agora reforça sua estrutura comercial com a meta de atrair um número cada vez maior de pequenas empresas. No futuro, Lucas acredita que grandes marcas também podem se interessar pela plataforma.  “Pensamos em expandir também para atrair grandes lojas. Aqui no Brasil está cada vez mais forte a compra social. A primeira onda era apenas de criar lojas dentro do Facebook, mas não deu certo porque não aproveitava justamente o aspecto social deste ambiente. Isso está mudando”, complementa o Sócio da BazzApp. Mundo do Marketing

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima