Será que você está perdendo oportunidades com seus emails?



Segundo a última pesquisa da empresa eROI, chamada The Elements of Email, a maioria de nós, profissionais de marketing que usamos email como um dos principais veículos de mensagens comerciais, está sim, perdendo oportunidades de aumentar os níveis de entrega, abertura, cliques e conversões dos seus emails.


50% dos respondentes dizem que usam o nome da empresa como o “de”, enquanto um terço escolhe o “de” a partir da campanha. As respostas vieram da seguinte questão: Como você endereça sua linha “de”?



  • A Empressa… 50.89%

  • Depende da Campanha… 31.95%

  • Nome Individual… 17.16%

A autenticação de emails verifica mensagens, permitindo que os destinatários reconheçam automaticamente a natureza de cada comunicação que recebe. Cerca de 60% dos profissionais não sabem como autenticar emails. Daqueles que sabe, o ID do Remetente é o tipo de autenticação usado pela maioria, com Domínio respondendo por quase um terço. Baseado em “Como você autentica seu email”, a resposta é:



  • Não Sei… 55.07%

  • ID do remetende… 32.16%

  • PF… 28.19%

  • Chaves de Domínio… 24.67%

  • DKIM… 10.13%

Muitas empresas evitam listas negras verificando remetentes e certificando os emails que enviam. Esses serviços estão crescendo, mas ainda são usados por apenas cerca de 25% dos profissionais de marketing. Como a maioria dos profissionais de email marketing não fazem isso no momento, uma grande oportunidade surge. Métodos de certificação incluem:



  • Nenhum… 70.09%

  • Sender Score… 10.28%

  • Outro… 10.33%

  • GoodMail… 7.94%

  • Habeas… 7.01%

Profissionais de email marketing parecem estar prestando mais atenção ao conteúdo de suas linhas de assunto, diz o estudo. 75% dizem tentar garantir que a linha de assunto seja relevante em relação ao conteúdo do email e 50% concentra-se em mantê-la concisa.


Estudos demonstram que usar uma linha de assunto com 72 toques ou mais dá mais relevância, aumentando as taxas de cliques e de conversão. Um assunto com 60 toques ou menos, por outro lado, aumenta a taxa de abertura do email. A área entre 60 e 72 toques é uma espécie de “zona morta”, de acordo com o relatório.


Os respondentes relatam as linhas de assunto da seguinte maneira:



  • Conteúdo Relevante… 72.57%

  • Curto e direto ao ponto… 50.44%

  • Testando linhas de assunto… 28.32%

  • Personalizada… 19.03%

  • Outro… 2.21%