Transparência nos preços: como lidar com isso?



Um dos últimos artigos publicados no site Springwise me chamou a atenção porque tratava de supermercados, e eu andei comentando alguns eventos recentes no meu relacionamento com o Pão de Açúcar, mas relata uma tendência que deve preocupar todos os ramos do varejo.

 

O artigo apresenta a experiência do site inglês MySupermarket (www.mysupermarket.co.uk). É um portal de comparação de preços e compra online que usa links para as quatro maiores redes de supermercados ingleses – Tesco, ASDA, Sainsbury´s e Ocada – comparando o preço de todos produtos expostos. Funciona assim: o consumidor se loga e escolhe a loja preferida, em seguida começa a encher o seu carrinho de compras. As vantagens começam instantaneamente: para cada produto, o MySupermarket apresenta o peso ou volume, o preço, ofertas especiais, preço por unidade, etc. Para comidas e bebidas, mostra ingredientes, número de calorias e informação nutricional detalhada. A melhor parte, porém, é que enquanto o consumidor escolhe, uma ferramenta chamada Trolley Checker vai mostrando o total das compras em todas as quatro redes. Enquanto isso, outra ferramenta, a Price Checker, sugere a troca de produtos por outros de melhor valor, e a Health Checker sugere substituições mais saudáveis. No término da compra, o consumidor envia o carrinho para o check-out do supermercado que escolher.

 

O artigo afirma que o sistema será brevemente lançado nos Estados Unidos, através de um portal chamado Grocio.com. Eu não duvido que chegue em plagas pindorâmicas, pois é um serviço que realmente agrega valor. E aí, quando chegar, como fica a fidelidade?