Aumento da fraude digital durante pandemia é tema do Serasa Experian Podcast — e marketing automotivo

Episódio traz entrevistas com especialistas da área para falar ainda sobre tentativas de golpes usando PIX e ações sociais
 Em sua primeira edição de 2021, o Serasa Experian Podcast aborda um tema que tem preocupado empresas e consumidores desde o início da pandemia de Covid-19: com o aumento de transações digitais, as fraudes cresceram e impactam os negócios de todo o país. Por isso, dois especialistas no tema foram convidados a dar orientações para se prevenir de golpes e quais recursos utilizar. Além disso, eles trazem informações sobre PIX e o que levar em consideração ao doar recursos para ações beneficentes no ambiente online. Caio Rocha, que é gerente executivo de produtos de identidade e fraude, e Rafael Garcia, gerente executivo de prevenção a fraudes, ambos da Serasa Experian, comentam que as empresas precisam se atualizar constantemente, já que os fraudadores também buscam novas formas de aplicar golpes. Eles ainda ressaltam os cuidados que consumidores devem ter para proteger seus dados, como buscar empresas de confiança e não clicar em links desconhecidos. Os especialistas destacam que, atualmente, é praticamente impossível um negócio depender apenas de análises manuais nas transações. “Precisamos ter rapidez nas ações de monitoramento dos dados por meio da tecnologia. As companhias precisam buscar processos de automação dos casos, uma vez que um motor de risco ajustado de acordo com o perfil dos clientes ajuda a mitigar fraudes e traz ganhos operacionais”, comenta Garcia. Isso é particularmente importante para o PIX, por exemplo, nova forma de transferir valores que está chamando a atenção dos golpistas. Os especialistas contam ainda como se prevenir, o que fazer em casos de chaves não reconhecidas pelos usuários e o que esperar das evoluções da solução. Sobre as expectativas para 2021, os especialistas comentam que o maior desafio está na mudança da verificação de identidade do ambiente físico para o eletrônico, combinada à experiência do consumidor durante a transação. O Serasa Experian Podcast pode ser acessado em https://www.serasaexperian.com.br/podcast
Além do site da empresa, é possível  ouvi-lo nas principais plataformas de podcast como Spotify, Apple Podcasts, Deezer, Google Podcasts e Pocket Cast.

O marketing automotivo esta conseguindo acompanhar a evolução do mercado?
Decisão de compra passa por experiência digital, o que vai além da busca de dados. No Brasil, 71 milhões só navegam pelos smartphones
No dia 8 de janeiro de 2021, a General Motors (GM), dona da marca Chevrolet, anunciou que até 2025 deve lançar 30 novos carros elétricos em todo o mundo. De quebra, mudou seu logo. O anúncio veio dois dias depois da Fiat/Chrysler anunciar processo de fusão com a Peugeot/Citröen, criando mais uma gigante automotiva, a Stellantis. Em 2020, a fabricante chinesa BYD, focada em energias limpas e que tem entre seus produtos carros elétricos, teve suas ações valorizadas em cerca de 400%. Já a Tesla, pioneira no segmento, deve enfrentar diversos concorrentes a partir deste ano. Essas são evidências de que o mercado automotivo se transforma como poucos, e de maneira tão acelerada que muitas companhias, atuais sinônimos de automóvel, já preferem ser chamadas de indústrias de mobilidade, não de fábricas de carros. Em comum, três certezas: redução de custos, apelo de sustentabilidade e aumento da concorrência. Para chegar até lá, um dos primeiros itens da lista de adaptação é a maneira como se apresenta na internet. Ser relevante em motores de busca, como o Google, continua a ser peça-chave. Portanto, vale a pena investir em conteúdo adaptado para SEO, e dentro da sua página, uma navegação intuitiva, e que funcione bem nos celulares. Outra solução prática são os marketplaces, que também têm sido utilizados como plataforma para compra e venda de automóveis, úteis não apenas para proprietários que procuram fazer negócio, mas também para lojas e comerciantes especializados em peças automotivas, outro nicho relevante para ser explorado. Não é segredo que além de entrarem na discussão sobre como enxergar os automóveis como serviço, e não somente como produto  as grandes montadoras têm revolucionado a maneira como fabricam os automóveis. Seja a partir de novas tecnologias para carros elétricos ou para a criação de veículos autônomos.