Itaú promove desafio online EstagExperience, busca por cientista de dados cresce 7300%, 600 ecommerces no Brasil

Itaú promove desafio online EstagExperience para estudantes interessados no programa de estágio corporativo

O Itaú Unibanco promove nos próximos dias a primeira edição do Estag Experience, desafio online voltado para universitários das áreas de Humanas e Exatas que desejam participar do programa de estágio corporativo do banco. Os participantes escolhidos passarão um dia com o time do Itaú, conhecendo um pouco dos líderes e colocando em prática seus conhecimentos, em equipes montadas com outros estudantes que, juntos, resolverão um desafio real do banco! A banca avaliadora é composta por executivos do banco e conta, ainda, com a participação da influenciadora Nina Silva. Inscrição e informações pelo link: https://www.99jobs.com/itau-unibanco/jobs/120007-estag-experience-2021-itau-unibanco. As inscrições e realização de testes de aptidão vão até o dia 27/1, e o evento acontece dia 6/2, de forma 100% online.

Busca por cientista de dados cresce 7300% e dita tendência de alta procura por profissionais desta área em 2021
Levantamento realizado pela Workana aponta, ainda, que marketing e programação devem seguir no topo dos setores com mais oportunidades neste ano
Com as inúmeras demandas que a pandemia gerou às empresas, a exemplo da digitalização que, para muitos, precisou ocorrer às pressas, algumas áreas como programação e marketing ganharam destaque em 2020. E, segundo a Workana , plataforma que conecta freelancers a empresas da América Latina, a tendência é que a contratação de profissionais desses setores continue em alta .Dados de um levantamento feito pela plataforma revelam que a busca por cientista de dados em 2020 cresceu 7300% e analista de dados 2100%. A procura por profissionais para construir landing pages teve aumento de 210,38%, e para produzir conteúdo para mídias sociais, 115,52%, o que para Daniel Schwebel, country manager da Workana no Brasil, indica uma forte tendência de mais crescimento ainda para essas áreas em 2021. E falando em se destacar, o mercado freelance ganhou mais espaço nesse atípico que foi 2021 e, acompanhando a curva ascendente da demanda por profissionais de marketing digital e TI, o número de projetos temporários que trazem os freelancers como importante recurso para fortalecer as equipes internas das companhias também tende a continuar subindo.

E-commerce já tem 600 empresas no Brasil, mostra mapeamento inédito
Crescimento das vendas pela internet impulsiona a criação de novos negócios que oferecem diferentes serviços para o varejo online
O mercado de comércio eletrônico brasileiro já é atendido por quase 600 startups e empresas, que oferecem os mais diversos serviços em diferentes áreas de atuação. O dado faz parte do estudo Scape Report E-commerce 2020/2021, produzido pela Pipeline Capital, consultoria especializada em operações de fusão e aquisição e captação de investimentos no setor de tecnologia. O estudo traz um mapeamento inédito das principais empresas que atuam no comércio eletrônico no Brasil, em diferentes áreas. São ao todo 598 empresas identificadas em nove categorias. A maior delas é a categoria de marketing e vendas, com 168 empresas (28% do total) – incluindo desde agências de marketing digital e plataformas de gestão de clientes (CRM) a serviços online de comparação de preços e empresas que oferecem programas de fidelidade. Fonte: Exame