Seu match está aqui: como montar seu portfólio online e conquistar clientes

Uma das tarefas mais difíceis para os desenvolvedores iniciantes é saber como expor o seu trabalho

Como você mostra o que sabe fazer? Para a maioria dos empregos basta elencar a sua experiência profissional, cursos, intercâmbios etc. em um documento chamado currículo e enviá-lo – hoje na maior parte das vezes digitalmente – para algumas empresas que você tenha interesse em trabalhar. O portfólio funciona como um currículo, porém mais complexo. Ele é utilizado por profissionais freelancers ou mesmo os que buscam emprego em empresas tradicionais, para oportunidades em que seja possível demonstrar, em um único lugar, que você sabe fazer o seu trabalho – e muito bem feito.

E essa é a grande diferença. Afinal, não é possível demonstrar que você sabe atender bem clientes, fazer planilhas ou lavar uma janela em uma página, mas é possível transmitir que você sabe desenhar, editar vídeos ou, o objetivo desse texto, ser um bom desenvolvedor. “Para este profissional, o portfólio é o momento em que você se apresenta como pessoa e, depois, como profissional”, afirma Arthur Alves, head da Locaweb PRO.

No documento deve constar quem é você, suas qualificações, como cursos e outras experiências acadêmicas e os principais serviços e clientes que atendeu. “Escreva sobre os principais projetos que trabalhou e, principalmente, aqueles que são próximos da necessidade do cliente. Assim ele sentirá mais confiança não só na capacidade técnica, mas também em sua experiência em lidar com as necessidades dele. Ter parceiros que qualificam ainda mais seu portfólio ajuda muito. Outras agências, empresas ou desenvolvedores que contribuam com essa imagem de profissionalismo e conhecimento serão um diferencial”, diz Arthur.

Para o dev, vale ilustrar da melhor maneira possível: links para os trabalhos que desenvolveu, com destaque para todas as funcionalidades que permitiram a você oferecer um trabalho único, que atendesse todas as expectativas do seu cliente. Se possível com contato deste cliente satisfeito, visto que uma recomendação de quem foi bem atendido é muito mais forte do que qualquer coisa que você possa falar do seu próprio trabalho.

OK, fiz o meu portfólio. E agora? Existem inúmeros sites na internet em que você pode mostrar o seu trabalho e conseguir clientes como freelancer. Dentre eles, destaque para o Freelancer, 99Freelas, Toptal, Scalable Path, Workana, Upwork, Trampos.co, Jooble, Github, etc. “Outro modo interessante de expor o seu trabalho é com um blog. É uma forma muito boa de documentar seu aprendizado, escrevendo sobre as coisas que você está estudando e aprendendo no dia a dia. Assim, mesmo um profissional iniciante consegue mostrar o conhecimento e habilidades que possui”, finaliza Alves.