Uso de vídeos aumenta no Twitter em 2020

Estudo recente revela que 22,2% dos posts de marcas utilizam o formato na plataforma
Ainda que seja uma das redes sociais mais antigas e com a premissa de publicar textos curtos, o Twitter vem se destacando no número crescente de posts com o uso de vídeos. É isso que aponta um levantamento feito pela Socialbakers, plataforma líder global em soluções para a otimização de performance corporativa em redes sociais. Os dados revelam que há alguns meses os perfis de marcas vem utilizando bastante esse recurso para gerar engajamento com seu público.  De acordo com Alexandra Avelar, country manager da Socialbakers, o formato está sendo mais usado porque tem agradado aos usuários do Twitter. “Cada vez mais as marcas estão entendendo que a estratégia de conteúdo tem que ser baseada em sua audiência ativa, ou seja, tem que ser de fato o que o público-alvo daquela empresa deseja. Os usuários não se contentam mais com o formato único, desejam conteúdos variados e que falem diretamente com seus próprios problemas, hábitos e afinidades”, comenta. Além do uso de vídeos ter aumentado no Twitter, a plataforma registrou maior utilização do formato do que os seus rivais no final do mês de setembro. Segundo o estudo, 22,2% dos tuítes das marcas com mais de mil seguidores incluíam vídeos. Enquanto no Facebook o uso foi em 14,3% das publicações e em 13,5% dos posts no Instagram. O estudo foi feito com base em perfis de marcas com mais de mil seguidores nas três plataformas. Assim, os vídeos vem sendo uma tendência com a qual muitos usuários parecem concordar. Ainda de acordo com o mesmo estudo, quanto mais longo, mais pessoas alcançadas e interações geradas entre os usuários do Facebook, por exemplo. Vídeos mais extensos, com mais de cinco minutos, tiveram melhor desempenho na rede social em termos de engajamento. Esses vídeos muito compridos conseguiram um alcance 70,4% maior do que os de até cinco minutos.
Novidades na AWS re: Invent: ao todo 40 novos serviços e melhorias
Um destaque é a atualização do Amazon Connect
No re: Invent 2020, a AWS fez vários anúncios importantes de novos serviços em nuvem e várias melhorias nos serviços existentes. Por exemplo, AWS Proton é um serviço totalmente novo que oferece gerenciamento automatizado para contêineres e implantações sem servidor. O Amazon DevOps Guru é um serviço de operações totalmente gerenciado que pode detectar automaticamente problemas operacionais e recomendar correções no código. A Amazon também anunciou uma grande atualização para o Amazon Connect, sua solução de contact center em nuvem. No campo do database, foi lançado o novo Amazon QuickSight Q, que responde a perguntas em linguagem natural sobre dados comerciais. Fonte: MSPoweruser