Εm 2021, vamos com tudo

O texto abaixo foi publicado no Facebook de Bruno Simões Gonçalves. Bruno é psicólogo com graduação pela PUC-SP. Tem mestrado e doutorado também pela PUC-SP, e pós-doutorado pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro. Faz atualmente pós-doutorado na USP. Especialista em populações indígenas e tradicionais — ou, nas palavras de Ignacio Dobles Oropeza, “pensador, pesquisador e ativista andante, companheiro de coletividade e de causas populares” — seu livro “Nos Caminhos da Dupla Consciência – América Latina, Psicologia e Descolonização”, é leitura obrigatória para quem quer pensar o momento atual. Não deixe de assistir sua entrevista ao site Quem Somos Nós?

2021 (metade cheia do copo) em quatro pontuais devaneios que resumem.

…….-Mosaico, tecido, arpillera, sonho, solitude. Bolivia. Descolonização Saci. O velho meninin saci. De pronto assim apertando o gatilho da imaginação/memória são essas as palavras que me vem.

………-Logo no início desse período, escrevi aqui que me abrumava e lembrança de precisar viver um certo enluaramento, um estar consigo mais desligado do mundo das más noticias. Pra poder viver as más notícias. Estar perto delas.

………- Daí inventei com colegas jeitos de se somar ao Movimento Sem Terra mesmo estando isolado em casa. Recebi o coração de muitos e , no que deu, ofereci o meu. A solidadiedade é o afeto dos povos, diz a poetisa nicaraguense Gioconda Belli.

……..- Dom Pedro Casaldáliga

……..Disso, vem agora 2021. Duas promessas:

1) bobas (nem tanto): varrer a casa e lavar as tigelas todo santo dia. Ou o mais próximo disso que conseguir. O instante presente e suas fulgurações sempre inusitadas.

2) Conhecer, aprofundar, conversar, exigir, escolher, praticar, inventar. a amorosidade rebelde. Seja na carícia, seja na revolta.

..

Ser atento e com tal zelo , e sempre, e tanto. A solidariedade é o afeto dos povos.

Amorosidade rebelde.

Malditos sejam os que nos impedem!!!

Seguimos.

2021 vamaê.