O canal para quem respira cliente.

São Paulo, Brasil - 28 de janeiro de 2022, 15:54

As Relações de Negócios não bastam ser de confiança,precisam ser confiáveis

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin

As Relações de
Negócios não bastam ser apenas de confiança, precisam ser confiáveis!

 

Segue mais um texto
que publiquei em maio de 2009. Acho que ainda está bem atual.

 

Boa leitura!

*********************************************************

 

Estamos presenciando
uma das maiores mudanças econômicas, sociais e estruturais já ocorridas neste
último século no mundo e aguardando os movimentos mais profundos que estão por
vir. O cenário que vem pela frente está apontando novas direções entre as relações
de negócios com as empresas e serão absolutamente diferentes de todas aquelas
que já nos deparamos ao longo desta última década. E um dos ingredientes
fundamentais colocados em pauta para este novo modelo comercial é a Credibilidade (ações
coerentes com o discurso) conjugada com a entrega de Resultados
Práticos
 (o que foi planejado).

 

Neste capítulo não há
outro caminho para o sucesso das dinâmicas relacionais, sem que estas duas
premissas estejam profundamente envolvidas, ligadas e praticadas constantemente.

 

Na verdade, o tempo
tem nos mostrado que as estratégias mais coerentes e assertivas, que lançam as
empresas e profissionais vencedores de forma segura ao futuro, é o claro
entendimento de que as relações daqui para frente só existirão e se perpetuarão
se focadas e alicerçadas em ambientes onde as atitudes de honestidade e de
respeito, respaldados na Credibilidade e na entrega de Resultados, forem
objetos de troca constantes para a formação de propostas concretas.

 

O mercado exige que as
relações sejam de confiança, mas acima de tudo confiáveis! Não há mais espaço
para modelos mágicos e para profissionais amadores que não querem acompanhar e
se alinhar às novas formas de gerar business.

 

Temos vivido numa nova
era que apóia empresas criativas, que se formata fora de seu tempo, que busca
interagir com modelos de administração cada vez mais transparentes, velozes e
flexíveis, ousando ser pioneira e pragmática na gestão de seus recursos e
principalmente que cuidam de seu capital humano como se fossem diamantes
preciosos. É neste ambiente onde os profissionais com visão aguçada do futuro,
serão os formadores das novas empresas, das novas demandas, dos novos modelos e
cenários de administração que estão por vir.

 

Como disse um grande
amigo e professor da área de Liderança de pessoas sobre o perfil do
profissional do futuro: “O profissional visionário é aquele que possuí a
rara habilidade de aliar a visão à competência. Ele não enxerga apenas o
presente com muita clareza, mas também o futuro com muita sagacidade. É capaz
de prever tendências e de antecipar mudanças, em vez de ser simplesmente
atropelado por elas. Um profissional assim é extremamente valioso para qualquer
negócio. Tanto que as empresas à frente de seu tempo já têm até um nome para
ele: CVO – Chief Visionary Officer”.

 

É isto! A
Credibilidade que possuímos e a constante entrega de Resultados Práticos serão
consideradas a base da Liderança eficaz e das relações comerciais a partir de
agora.

 

É neste novo habitat
cada vez mais competitivo e desafiador que essas duas variáveis juntas serão
requisitos inigualáveis para as empresas e os profissionais fazerem a
diferença. Este é o DNA decisivo para a geração de valor e que recomendo buscar
sempre!

 

Um abraço,

 

Julio X

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima