O canal para quem respira cliente.

Call center – um a menos?

Um
amigo, head global de marketing de uma grande multinacional, me ligou para
entender se o Brasil já pode ser considerado para receber investimentos na
atividade de gestão de clientes. Procurei, claro, ser bem realista, como ele
pediu. Lembrei que as empresas de call center acabaram de levar o maior golpe
do governo, cortando o incentivo de 17% que incide sobre a folha de pagamento –
é bom lembrar que ele representa 70% do custo operacional do negócio que
emprega algo como 440 mil pessoas. Significa que o imposto volta de 3% para
20%. Ele se mostrou inconformado: como assim? Se o custo dos reajustes
salariais e operacionais forem repassado aos clientes, a negociação vai ser
dolorosa, pois os clientes continuam pedindo redução de custos!!! Tentei
convencê-lo de esperar, a não desistir.

1 comentário em “Call center – um a menos?”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para cima