EMPREGABILIDADE EM TEMPO DE CRISE

0
12

EMPREGABILIDADE
EM TEMPO DE CRISE


Autora: Isabel Spíndola

Neuropsicóloga, Master Coach e Escritora.


Certamente todos nós
nos perguntamos: O que fazer para nos mantermos focados em busca de uma
recolocação profissional diante do cenário que aponta para 8,4 milhões de
pessoas desempregadas em solo brasileiro, segundo informou um relatório da
Organização Internacional do Trabalho (OIT), publicado em 19/01/2016 no jornal
o Valor Econômico?

Esta resposta não é
simples porque estamos frente a uma difícil equação para ser compreendida e
desafiada com aquilo que sabemos fazer. Os motivos para os desligamentos são
multifacetários e nem sempre são objetivos. 

Demissão
sempre nos remete a sentimentos controversos e nos dá a sensação de que não fomos
bons o suficiente para permanecermos juntos àqueles que ficaram trabalhando. Diante
de uma crise de tamanhas proporções é natural que algumas empresas abram mão de
alguns talentos porque as situações lhes deixam sem alternativas.

Temos observado profissionais
inteligentes e de alta performance, que não obstante seus esforços não conseguiram
manter seus empregos e estão atordoados com a concorrência.

Se este for o seu
caso, não perca tempo tentando compreender as motivações para a sua demissão. O
importante agora é estabelecer foco e pensar estrategicamente como fazer para
se destacar dentre os que estão procurando emprego como você. Não há tempo a
perder.

Deixo com vocês
algumas dicas simples, mas que poderão ajudar a fazer a sua busca acompanhada
não somente pela nossa torcida, mas também pela nossa experiência.

Na
busca por um novo emprego, seja qual for a sua profissão, não deixe de
considerar o que segue:

  1. Conhecer o histórico
    da empresa na qual você pretende trabalhar e a projeção da marca. Essas
    informações lhe ajudarão a decidir em caso de empate quando você estiver para
    optar entre duas ou mais empresas.

  2. Se o cargo que está sendo
    ofertado tem aderência com o que você sabe fazer.

  3. Não encaminhe o seu
    currículo aleatoriamente. Tenha foco e busque as vagas que estejam mais
    alinhadas como a sua expertise. Agindo assim, você evitará frustrações e perda
    de tempo.

  4. Não despreze
    oportunidades em empresas de médio porte. Elas poderão lhe trazer grandes
    oportunidades de desenvolvimento.

  5. Diga para o seu
    network que está em disponibilidade no mercado. Os relacionamentos são
    excelentes fontes de recrutamento.

  6. Mantenha o seu
    currículo atualizado com as habilidades mais relevantes que você adquiriu nos últimos
    tempos.

  7. Não mascare as
    informações do seu currículo, dizendo que sabe fazer coisas que não sabe de
    fato. 

  8. Nas entrevistas que
    participar procure falar com otimismo. Evite confabular sobre cenários
    catastróficos. O foco precisa ser o que você tem para oferecer que tem
    aderência com o que o cargo está solicitando.

  9. Mantenha-se
    atualizado. Estude sempre.

  10. “Não deixe para amanhã o que pode fazer hoje”, diz
    um ditado popular. Emergencie o envio de currículo para as empresas que você
    elegeu para trabalhar.

  11. Se estiver inseguro e
    achar que precisa de ajuda, busque os serviços de um Coach experiente. Ele
    poderá lhe ajudar encurtar o caminho.

  12. Não aceite trabalhos que lhe deixarão frustrado em
    relação ao que gosta de fazer. Lembre-se de que você passa os melhores anos da
    sua vida trabalhando. Portanto, este precisa ser fonte de inspiração e prazer.


 E-mail: [email protected]