O canal para quem respira cliente.

Habilidades Técnicas e Comportamentais de Seleção para o Call Center

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin

Habilidades
Técnicas e Comportamentais avaliadas no processo de Seleção para o Call Center

Atualmente observa-se uma característica
presente no Call Center: a possibilidade de atuação de pessoas que nunca tiveram
experiência profissional ou que atuaram em diferentes áreas. Assim como as
pessoas que buscam uma recolocação no mercado de trabalho.

Este artigo tem como objetivo principal
descrever quais habilidades são observadas durante um processo de seleção
destes profissionais.

Primeiramente, em uma seleção é notável o
nível de interesse do candidato, pois a pessoa que não demonstra interesse em ingressar
numa determinada empresa e desenvolver as atividades e responsabilidades do
cargo, ainda que possua experiência no segmento não é uma boa indicação. Haja
vista que a característica fundamental deste profissional é a paixão pelo que
faz. Se existe a identificação com a atividade, o sucesso é garantido.

Podemos destacar a fluência verbal como
outro ponto importante. O objetivo do atendimento telefônico hoje é que o
cliente tenha sua solicitação ou problema resolvido em um curto prazo de tempo,
então a linguagem deverá ser de maneira clara para facilitar a compreensão da
informação a ser passada, bem como evitar possíveis transtornos devido a um
erro de comunicação. Então deixe de lado qualquer tipo de gírias e utilize uma
linguagem clara e objetiva para expressar-se.

Os aspectos comportamentais também fazem
parte da avaliação, pois o comportamento que o candidato demonstra em um
processo seletivo, pode predizer situações futuras no ambiente de trabalho. Uma
característica deste profissional deve ser o controle emocional em meio a
situações frustrantes e a motivação interior que o permita  finalizar um atendimento sempre cordial, além
de atender às expectativas do cliente.

Um candidato que demonstra interesse, boa
fluência verbal, apresentação pessoal e comportamento certamente terá grandes
chances de aprovação e sucesso em seu trabalho.

 

 

Juliana
Constantino 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Habilidades Técnicas e Comportamentais de Seleção para o Call Center

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin

 

 

Habilidades
Técnicas e Comportamentais avaliadas no processo de Seleção para o Call Center

Atualmente observa-se uma característica
presente no Call Center: a possibilidade de atuação de pessoas que nunca tiveram
experiência profissional ou que atuaram em diferentes áreas. Assim como as
pessoas que buscam uma recolocação no mercado de trabalho.

Este artigo tem como objetivo principal
descrever quais habilidades são observadas durante um processo de seleção
destes profissionais.

Primeiramente, em uma seleção é notável o
nível de interesse do candidato, pois a pessoa que não demonstra interesse em ingressar
numa determinada empresa e desenvolver as atividades e responsabilidades do
cargo, ainda que possua experiência no segmento não é uma boa indicação. Haja
vista que a característica fundamental deste profissional é a paixão pelo que
faz. Se existe a identificação com a atividade, o sucesso é garantido.

Podemos destacar a fluência verbal como
outro ponto importante. O objetivo do atendimento telefônico hoje é que o
cliente tenha sua solicitação ou problema resolvido em um curto prazo de tempo,
então a linguagem deverá ser de maneira clara para facilitar a compreensão da
informação a ser passada, bem como evitar possíveis transtornos devido a um
erro de comunicação. Então deixe de lado qualquer tipo de gírias e utilize uma
linguagem clara e objetiva para expressar-se.

Os aspectos comportamentais também fazem
parte da avaliação, pois o comportamento que o candidato demonstra em um
processo seletivo, pode predizer situações futuras no ambiente de trabalho. Uma
característica deste profissional deve ser o controle emocional em meio a
situações frustrantes e a motivação interior que o permita  finalizar um atendimento sempre cordial, além
de atender às expectativas do cliente.

Um candidato que demonstra interesse, boa
fluência verbal, apresentação pessoal e comportamento certamente terá grandes
chances de aprovação e sucesso em seu trabalho.

 

 

Juliana
Constantino

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Habilidades Técnicas e Comportamentais de Seleção para o Call Center

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin

Habilidades
Técnicas e Comportamentais avaliadas no processo de Seleção para o Call Center

Atualmente observa-se uma característica
presente no Call Center: a possibilidade de atuação de pessoas que nunca tiveram
experiência profissional ou que atuaram em diferentes áreas. Assim como as
pessoas que buscam uma recolocação no mercado de trabalho.

Este artigo tem como objetivo principal
descrever quais habilidades são observadas durante um processo de seleção
destes profissionais.

Primeiramente, em uma seleção é notável o
nível de interesse do candidato, pois a pessoa que não demonstra interesse em ingressar
numa determinada empresa e desenvolver as atividades e responsabilidades do
cargo, ainda que possua experiência no segmento não é uma boa indicação. Haja
vista que a característica fundamental deste profissional é a paixão pelo que
faz. Se existe a identificação com a atividade, o sucesso é garantido.

Podemos destacar a fluência verbal como
outro ponto importante. O objetivo do atendimento telefônico hoje é que o
cliente tenha sua solicitação ou problema resolvido em um curto prazo de tempo,
então a linguagem deverá ser de maneira clara para facilitar a compreensão da
informação a ser passada, bem como evitar possíveis transtornos devido a um
erro de comunicação. Então deixe de lado qualquer tipo de gírias e utilize uma
linguagem clara e objetiva para expressar-se.

Os aspectos comportamentais também fazem
parte da avaliação, pois o comportamento que o candidato demonstra em um
processo seletivo, pode predizer situações futuras no ambiente de trabalho. Uma
característica deste profissional deve ser o controle emocional em meio a
situações frustrantes e a motivação interior que o permita  finalizar um atendimento sempre cordial, além
de atender às expectativas do cliente.

Um candidato que demonstra interesse, boa
fluência verbal, apresentação pessoal e comportamento certamente terá grandes
chances de aprovação e sucesso em seu trabalho.

 

 

Juliana
Constantino

 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Habilidades Técnicas e Comportamentais de Seleção para o Call Center

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin

 

 

Habilidades
Técnicas e Comportamentais avaliadas no processo de Seleção para o Call Center

Atualmente observa-se uma característica
presente no Call Center: a possibilidade de atuação de pessoas que nunca tiveram
experiência profissional ou que atuaram em diferentes áreas. Assim como as
pessoas que buscam uma recolocação no mercado de trabalho.

Este artigo tem como objetivo principal
descrever quais habilidades são observadas durante um processo de seleção
destes profissionais.

Primeiramente, em uma seleção é notável o
nível de interesse do candidato, pois a pessoa que não demonstra interesse em ingressar
numa determinada empresa e desenvolver as atividades e responsabilidades do
cargo, ainda que possua experiência no segmento não é uma boa indicação. Haja
vista que a característica fundamental deste profissional é a paixão pelo que
faz. Se existe a identificação com a atividade, o sucesso é garantido.

Podemos destacar a fluência verbal como
outro ponto importante. O objetivo do atendimento telefônico hoje é que o
cliente tenha sua solicitação ou problema resolvido em um curto prazo de tempo,
então a linguagem deverá ser de maneira clara para facilitar a compreensão da
informação a ser passada, bem como evitar possíveis transtornos devido a um
erro de comunicação. Então deixe de lado qualquer tipo de gírias e utilize uma
linguagem clara e objetiva para expressar-se.

Os aspectos comportamentais também fazem
parte da avaliação, pois o comportamento que o candidato demonstra em um
processo seletivo, pode predizer situações futuras no ambiente de trabalho. Uma
característica deste profissional deve ser o controle emocional em meio a
situações frustrantes e a motivação interior que o permita  finalizar um atendimento sempre cordial, além
de atender às expectativas do cliente.

Um candidato que demonstra interesse, boa
fluência verbal, apresentação pessoal e comportamento certamente terá grandes
chances de aprovação e sucesso em seu trabalho.

 

 

Juliana
Constantino

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Habilidades Técnicas e Comportamentais de Seleção para o Call Center

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin

Habilidades
Técnicas e Comportamentais avaliadas no processo de Seleção para o Call Center

Atualmente observa-se uma característica
presente no Call Center: a possibilidade de atuação de pessoas que nunca tiveram
experiência profissional ou que atuaram em diferentes áreas. Assim como as
pessoas que buscam uma recolocação no mercado de trabalho.

Este artigo tem como objetivo principal
descrever quais habilidades são observadas durante um processo de seleção
destes profissionais.

Primeiramente, em uma seleção é notável o
nível de interesse do candidato, pois a pessoa que não demonstra interesse em ingressar
numa determinada empresa e desenvolver as atividades e responsabilidades do
cargo, ainda que possua experiência no segmento não é uma boa indicação. Haja
vista que a característica fundamental deste profissional é a paixão pelo que
faz. Se existe a identificação com a atividade, o sucesso é garantido.

Podemos destacar a fluência verbal como
outro ponto importante. O objetivo do atendimento telefônico hoje é que o
cliente tenha sua solicitação ou problema resolvido em um curto prazo de tempo,
então a linguagem deverá ser de maneira clara para facilitar a compreensão da
informação a ser passada, bem como evitar possíveis transtornos devido a um
erro de comunicação. Então deixe de lado qualquer tipo de gírias e utilize uma
linguagem clara e objetiva para expressar-se.

Os aspectos comportamentais também fazem
parte da avaliação, pois o comportamento que o candidato demonstra em um
processo seletivo, pode predizer situações futuras no ambiente de trabalho. Uma
característica deste profissional deve ser o controle emocional em meio a
situações frustrantes e a motivação interior que o permita  finalizar um atendimento sempre cordial, além
de atender às expectativas do cliente.

Um candidato que demonstra interesse, boa
fluência verbal, apresentação pessoal e comportamento certamente terá grandes
chances de aprovação e sucesso em seu trabalho.

 

 

Juliana
Constantino

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima