Livre-se de uma vez do século 20

0
4

Você está no século 21. Aqui não
tem vendedor, nem
motorista, nem gerente, nem chefe, você pode levar as compras sem caixa, sem
maquininha, sem papel moeda, sem banco, você mesmo cria e assiste a sua programação,
escolhe o plano que combina melhor com seu bolso, que combina melhor com você,
quando você quiser. Enfim, sem centralização de decisão e de poder e com uma intermediação
mais simples possível.

Estas são as novidades que a transformação
digital trouxe para os negócios e para as pessoas neste novo século. Para entender
a mudança trazida pelo digital não basta fixar seu olhar na tecnologia
embarcada da mudança: carro autônomo, IA, RV, RA, IOT ou 5G. Note que aqui nós
estamos falando de ampliar a quantidade de decisões/autonomia  que precisam ser tomadas/realizadas e da
quantidade de pessoas que passam a participar das decisões em qualquer
processo.

Digital muda comando e controle. Não tecnologia

A maior mudança trazida pelo digital é
empoderamento do ser humano, alterando para sempre a forma em que as pessoas
vivem, consomem e fazem negócios. A distribuição de poder para uma maior
quantidade de decisores só foi possível devido ao surgimento da web. E como
você já ouviu falar, conhecimento é poder. Conhecimento descentralizado
empodera ainda mais gente – foi assim que os consumidores ganharam o poder que
tem hoje. E quando se abre espaço para que os clientes deem estrelas,
curtições, notas para qualquer serviço ou produto obrigatoriamente se é
obrigado a descartar aquilo que não funciona e promover o que está funcionando.
Compartilha-se a decisão.

Assim, no Digital as pessoas adquiriram uma maior
capacidade de tomar decisões, pois se aumenta o nível de liberdade e
responsabilidade. Antes não era possível, pois os limites de comunicação entre
as pessoas e as empresas era limitado. Hoje o consumidor se organize em redes
sociais, comunidades, fotografa e filma tudo e se torne cada vez ativo.

Todos estão preparados para o digital?

Tem muita gente que não conseguiu entrar no
século 21. Viver neste século significa saber lidar emocionalmente com toda uma
abundância de informação e de velocidade até que tudo fique “normal” de novo. Neste
século as pessoas precisarão de um novo patamar de interpretação da realidade,
de entendimentos dos problemas, de checagem de dados – separar o que é falso e
o que não é (fake news).

É preciso se livrar, em definitivo, do século
20!

Francisco Sarkis atuou em grandes organizações e há mais de 20 anos é responsável por histórias de consumidores satisfeitos. Criou o IQT Lab dos Inquietos para elevar a compreensão sobre Digital CX.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorCultura pró-cliente
Próximo artigoIgualdade de gênero no empreendedorismo