O canal para quem respira cliente.

Novos conceitos para o velho amor

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin


REDEFININDO ” AMOR “

O amor não ilumina o seu caminho.

O nome disso é poste. 

O amor não é aquilo que supera barreiras.

O nome disso é gol de falta. 

O amor não traça o seu destino.

O nome disso é GPS. 

O amor não te dá forças para superar os obstáculos.

O nome disso é tração nas quatro rodas. 

O amor não mostra o que realmente existe dentro de você.

O nome disso é endoscopia. 

O amor não atrai os opostos.

O nome disso é imã. 

O amor não é aquilo que dura para sempre.

Isso é o José Sarney.
O amor não é aquilo que surge do nada e

em pouco tempo está mandando em você.

Isso é Dilma Rousseff.
O amor não é aquilo que te deixa sem fôlego.

O nome disso é asma.
O amor não é aquilo que te faz perder o foco…

O nome disso é miopia. 

O amor não é aquilo que te deixa maluco,

te fazendo provar várias posições na cama.

Isso é insônia. 

O amor não faz os feios ficarem pessoas maravilhosas.

O nome disso é dinheiro. 

O amor não é o que o homem faz na cama

e leva a mulher à loucura.

O nome disso é esquecer a toalha molhada na cama. 

O amor não é aquilo que toca as pessoas lá no fundo.

O nome disso é exame de próstata. 

O amor não faz a gente enlouquecer,

não faz a gente dizer coisas pra depois se arrepender:

O nome disso é vodka. 

O amor não faz você passar horas conversando no telefone.

O nome disso é promoção da TIM, OI, VIVO, CLARO… 

O amor não te dá água na boca.

O nome disso é bebedouro. 

Amor não é aquilo que, quando chega,

você reza para que nunca tenha fim.

Isso é férias. 

O amor não é aquilo que te alegra mas depois te decepciona.

Isso é pote de sorvete. 

O amor não é aquilo que entra na sua vida e muda tudo de lugar.

O nome disso é empregada nova. 

=====================================================================

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima