O canal para quem respira cliente.

O Call Center Como Plano de Carreira

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin

O Call Center se tornou uma opção atraente aos jovens que
buscam o primeiro emprego e também aos profissionais que estão retornando ao
mercado de trabalho. Um dos principais atrativos é a grande oferta de empregos
e por não exigir experiência anterior à função.

As empresas de Tele Atendimento também atuam como meio de
inclusão de profissionais com idade considerada avançada no mercado de
trabalho. Segundo pesquisas das Centrais de Tele Atendimento, esse perfil
apresenta absenteísmo baixo, em comparação com os jovens, fatores que são
atribuídos à maturidade do profissional.

Além de todas as vantagens, os requisitos para a contratação
são mínimos, geralmente é exigida uma boa fluência verbal, domínio da gramática
(língua portuguesa) e conhecimentos em Matemática, além de postura profissional
adequada ao ambiente de trabalho, por exemplo, a ausência de gírias na
comunicação, esta deve ser clara e coerente, além de uma vestimenta adequada.

Embora pareça simples, o número de candidatos reprovados nos
testes do processo seletivo são consideravelmente alto, principalmente, nos quesitos:
gramática, digitação, conhecimentos em informática básica e cálculos simples,
como porcentagem.

Neste sentido, podemos considerar essas reprovações como um
indicador de que os jovens não estão planejando sua carreira ou não tem uma
noção realista de como o mercado de trabalho se modifica e se comporta, a ponto
de desconhecerem as exigências mínimas para o preenchimento de qualquer cargo.

 O domínio da
gramática e informática básica são matérias que deveriam ser dominadas em sua
totalidade até o ensino médio. As empresas de Tele Comunicação tentam suprir
essa deficiência identificada no mercado e para não perder candidatos, investem
em treinamentos constantes que contribuem para o desenvolvimento de seus
colaboradores, afinal é a imagem da empresa que está em jogo neste momento.

Com o avanço tecnológico e a globalização algumas tendências
mundiais devem ser acompanhadas, ou podem ser causas de exclusão social, um bom
exemplo disso é a velocidade com que os sistemas de softwares são desenvolvidos
e atualizados.

 

Outro fator que exige atenção da área de Desenvolvimento dos
Tele Atendimentos são os altos índices de rotatividade, pensando nisso as empresas
criam seu Plano de Carreira, para incentivar os atendentes a vislumbrar
possibilidades de crescimento e assim se dedicar na função.

Algumas vagas oferecem salário consideravelmente atraente, é
o caso dos atendimentos internacionais, como os atendentes bilíngues. Ter
fluência em outro idioma, como o inglês, diferencia o currículo, podendo ser
decisivo na disputa de uma oportunidade de emprego.

O Call Center também está associado às vendas, cobrança e
retenção de clientes, o que leva muitos jovens a dispensar as oportunidades e
tornar a oferta de vagas bem maior do que a quantidade de interessados. Além
disso, as centrais de Atendimento tornaram-se essenciais em nossas vidas. Por
exemplo, para realizar uma transação bancária, um atendimento de SAC, agendamento
de consultas e até mesmo uma central de denuncias, precisamos dos serviços das
Centrais de Atendimentos.

As oportunidades existem e a possibilidade de crescimento
também basta ter um planejamento de carreira, mas ter a consciência de quais
são os objetivos ao aceitar uma vaga e apostar no desenvolvimento profissional. 

0 comentário em “O Call Center Como Plano de Carreira”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima