Políticos empresariais. Será que você é um deles?

0
6



Atualmente crescem os movimentos das pesquisas, e dentre elas, as pesquisas de satisfação ou também chamadas de pesquisas de clima.


 


Uma particularidade desse tipo de pesquisa é que, por ser realizada com o público diretamente interessado nos seus resultados, a sua aplicação cria, automaticamente, uma expectativa quanto às mudanças que se sucederão sobre os pontos de insatisfação identificados.


 


Infelizmente, parte das empresas concentra suas energias em convocar e motivar as pessoas a participarem das pesquisas, mas deixa de lado a prestação de contas, algo fundamental para se reforçar a transparência do processo e motivar novas participações futuras.


 


Um dos pontos mais interessantes desse tema é que a pesquisa existe para saber como as pessoas avaliam determinadas coisas – mas há empresas que quando identificam que as pessoas estão insatisfeitas reagem tentando desqualificar a pesquisa ou abafar os resultados, o que é um grande erro! A primeira coisa que deve ficar clara antes de se iniciar uma pesquisa de clima é se a direção e os gestores da empresa estão realmente preparados para encarar qualquer resultado. Se não estiverem, não realizem a pesquisa! Com isso a empresa economizará e, principalmente, não criará expectativa nas pessoas quanto às mudanças.


 


Outra situação perigosa é quando as empresas divulgam que, de uma só vez, todos os pontos de insatisfação serão resolvidos. É preciso agir sobre prioridades e estabelecer compromissos sobre as questões que podem efetivamente ser corrigidas no próximo período. Tão nocivo quanto não divulgar os resultados de uma pesquisa é prometer que tudo irá mudar, quando existe o risco disso não acontecer. Embora possa ser algo proativo, a promessa pode gerar um efeito negativo no médio prazo, algo como uma tentativa de enganar as pessoas. Essa é a tática de muitos políticos: prometer e não cumprir! É melhor ser prudente e comedido naquilo que se predispõe a melhorar e entregar algo mais, se possível, do que prometer muito mais do que se pode entregar.


 


A maturidade de um processo de pesquisa de clima é marcada por uma relação de confiança entre a empresa e os seus colaboradores. Quando existe transparência neste processo, a pesquisa se configura como uma excepcional ferramenta para transformar resultados!


 


Abraço


 


Vladimir